Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

04 Julho de 2020 | 16h07 - Actualizado em 04 Julho de 2020 | 16h06

Covid-19: Huambo aperta cerco nas zonas limítrofes

Huambo - As autoridades da província do Huambo intensificaram, nos últimos dias, o controlo dos limites territoriais do planalto central, de modo a tornar mais eficaz as estratégias de prevenção e combate à gripe por coronavírus (covid-19).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Por este motivo, a governadora local, Lotti Nolika, deslocou-se aos postos fronteiriços da comuna do Cuima (Caála) e do Chinjenje, com objectivo de avaliar o grau de prontidão e, ao mesmo tempo, encorajar as equipas de trabalho a impedirem qualquer violação e negação do despiste da temperatura, por parte dos viajantes.

A jornada de campo da governante iniciou na zona limítrofe de Kaparacassa, três quilómetros da vila municipal do Chinjenje, com uma média diária de 500 passageiros, transportados entre 100 a 120 viaturas, idos das províncias de Benguela, Huíla e Namibe, assim como outros em sentido inverso.

Neste posto, a governadora Lotti Nolika foi informada que, além do despiste da temperatura (rastreio), os passageiros são obrigados apresentar os dados pessoais, número de telefone, origem e destino, além da matrícula da viatura, para os automobilistas, cujas viaturas são desinfestadas na totalidade.

Este mesmo trabalho, desenvolvido por técnicos da Saúde e dos órgãos de defesa e segurança, tem sido realizado no posto limítrofe da comuna do Cuima, com 300 passageiros em média diária, levados entre 50 a 70 viaturas, vindas das províncias da Huíla e Namibe, assim como no sentido inverso.

Na ocasião, a governante admitiu haver prontidão das equipas em serviço nos postos de rastreio, não obstante algumas dificuldades de ordem conjunturais, como a falta de alguns materiais de biossegurança, sendo que o fundamental (termómetros infra-vermelho) está assegurado.

“Na verdade, as questões apresentadas são de âmbito local, como a falta de álcool em gel e de iluminação, esta última no posto de Chinjenje, que deverá conhecer melhorias, nos próximos dias, pois que a província deve estar mais vigilante para não ser surpreendida com possíveis casos positivos da covid-19”, enfatizou.

Actualmente, a província conta com 101 cidadãos em quarentena, sendo 17 na institucional e 84 na domiciliar, depois de terem furado a cerca sanitária, com realce para a de Luanda, principal epicentro da doença no país.

Além destes, a província do Huambo tem montados igualmente postos de rastreio no município do Cachiungo, que liga a província do Huambo às regiões do Bié e Cuando Cubango, assim como no Alto-Hama, uma zona que permite a ligação com as províncias do Cuanza Sul, Bié, Benguela, sendo também a principal via que liga esta região à capital do país (Luanda).

Com uma extensão territorial de 34.270 quilómetros quadrados e uma densidade populacional estimada em dois milhões, 519 mil e 309 habitantes, predominantemente Umbundu, a província do Huambo, com 11 municípios, é limitada pelas províncias do Cuanza Sul (Norte), Bié (Este), Huíla (Sul) e Benguela (Oeste).

Tem um Sistema de Saúde composto por 249 unidades sanitárias, num universo de duas mil e 126 camas em diversas enfermarias e 14 na Unidade de Tratamentos Intensivos (UTI), onde trabalham 308 médicos, três mil e 639 enfermeiros, 467 técnicos de diagnósticos e terapeuta, assim como 825 administrativos, além de outros profissionais indispensáveis para o seu normal funcionamento.

Leia também
  • 04/07/2020 15:57:34

    Lunda Norte busca estabilidade social

    Dundo - A província da Lunda Norte, considerada "berço da indústria mineira" no país, celebra, este sábado (4 de Julho), 42 anos de existência, num cenário de mudanças e progresso social.

  • 04/07/2020 12:39:29

    Mbanza Kongo envolve munícipes na limpeza da cidade

    Mbanza Kongo - Um novo modelo de limpeza e saneamento básico da cidade de Mbanza Kongo, denominado do "Meu Quarteirão Cuido Eu", que visa engajar directamente os munícipes na limpeza das áreas de residência, foi lançado este sábado, pela Administração Municipal.

  • 04/07/2020 12:16:34

    Hospital realiza exames de cancro

    Lubango - O Hospital Central do Lubango, na província da Huíla, inicia nos próximos dias a realizar os primeiros exames de cancro, com a instalação de um laboratório de anatomia patológica, informou este sábado a directora geral da unidade hospitalar, Maria Antunes.