Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

02 Julho de 2020 | 09h47 - Actualizado em 02 Julho de 2020 | 09h47

Polícia desmantela rede de burladores por plataformas digitais

Cabinda - Sete pessoas acusadas de burlas por fraude e falsificação de documentos com o uso de plataformas digitais foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Cabinda, no âmbito das micro-operações de prevenção e combate a criminalidade.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O grupo de associação de malfeitores, cujos integrantestêm entre 20 a 30 anos de idade, tinha como vítimas vendedores de bens nas distintas plataformas digitais, com particular realce para os usuários da página no Facebook denominada "Bazar da Mamã-Cabinda".

O porta-voz do SIC em Cabinda, inspector-chefe Rodrigues Ambrósio, explica que falsificavam os dígitos numerários do custo de cada bem e através de um programa específico adulteravam os preçários.

Nesta operação ocorrida de 20 a 30 de Junho, foram recuperados 15 telemóveis e apreenderam também as ferramentas utilizadas, nomeadamente dois computadores portáteis, um acumulador, igual número de leitor externo.

Em Cabinda, jovens de faixa entoaria entre 15 a 30 anos de idade estão a nveredar na prática de actos de defraudação e burla através de plataformas digitais, usando perfis de individualidades governamentais e outras figuras públicas.

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também
  • 29/06/2020 11:14:53

    Covid-19: Autoridades tradicionais querem reforço da vigilância nas fronteiras

    Cabinda - As autoridades tradicionais no município de Belize, província de Cabinda, exortaram a população residente em aldeias fronteiriças as regiões congolesas de Brazaville e República Democrática do Congo a reforçarem as medidas de vigilância para impedir a entrada ilegal de cidadãos destes países.

  • 27/06/2020 11:25:20

    SIC queima mais de 500 quilogramas de liamba

    Cabinda - Quinhentos e setenta e sete quilogramas liamba, apreendidos pelos Serviços de Investigação Criminal (SIC) durante o ano em curso, no quadro das operações de combate ao uso e tráfico de drogas, foram incinerados esta sexta-feira na localidade de Nto.

  • 22/06/2020 19:06:58

    SME e Comissão da Covid-19 analisam regresso dos angolanos da RDC

    Cabinda - O Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) em Cabinda e os membros da Comissão Provincial de Contingência para o Controlo e Resposta à Pandemia da Covid-19 estão a acertar a estratégia para o regresso dos 50 angolanos retidos na vizinha República Democrática do Congo (RDC).