Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

09 Julho de 2020 | 17h21 - Actualizado em 09 Julho de 2020 | 17h17

Obras do PIIM com inconformidades no Cubal

Benguela - Três dos nove projectos em execução no âmbito do Programa Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), no município do Cubal, província de Benguela, apresentam inconformidades acentuadas, informou o vice-governador local para área técnica e de infra-estruturas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Leopoldo Muhongo, Vice-Governador Provincial de Benguela para Área Técnica e Infra-estruturas

Foto: José Honório

Segundo Leopoldo Muhongo, trata-se das obras de terraplanagem dos 162 quilómetros das vias secundárias que interligam a sede municipal às comunas, orçadas em kzs 268.959.846, de um centro de saúde (comuna de Yambala), avaliado em kz 188.969.118 e uma escola de sete (7) salas de aulas (Yambala), no valor de kz 87.927.355.14.

O responsável falava à imprensa, no final de uma visita de constatação aos referidos projectos, frisando que se assiste a um nível de inconformidades acentuadas de cerca de 50 por cento, o que está a obrigar, em alguns casos, a paralisação das mesmas para que os erros sejam corrigidos.

Para Leopoldo Muhongo, o défice de comunicação entre as várias entidades que intervêm no processo está na base destas inconformidades, o que deve ser superado nos próximos dias, permitindo com que os empreiteiros, o representante do dono das obras e fiscais possam estar mais articulados e trabalhem com base no acordo firmado entre as partes.   

“O que se quer são obras com qualidade e as que não estão em conformidade com o que se acordou devem ser paralisadas imediatamente para correcção”, disse.

Deu a conhecer que as obras têm o mesmo tempo de execução, entre seis e oito meses, e que já decorrem há 45 dias, acreditando que se as autoridades trabalharem afincadamente com os empreiteiros e fiscais e redobrarem as suas capacidades, poder-se-á ainda recuperar o tempo perdido.

Leopoldo Muhongo explicou que a perspectiva é prestar um auxílio directo a estas entidades, para que não haja prejuízos para o Estado nas empreitadas em curso no Cubal e noutros municípios.

“Nós chegamos a uma empreitada onde encontramos um fiscal que é enfermeiro. Isso é inconcebível e é preciso corrigir e pedir-se responsabilidades”, concluiu.

Com um orçamento de mil milhões 153 milhões 831 mil e 495 kwanzas, estão aprovados a construção de três escolas, com sete salas de aula cada, na comuna da Yambala e localidades de Marco Canavês e Caviva, para albergar  1.380 alunos, um centro sanitário (Yambala), posto policial (Lomaum), bem como trabalhos de terraplanagem de 160 quilómetros das vias secundárias que interligam a sede às comunas.

A recolha e tratamento de resíduos sólidos, reabilitação e ampliação do aterro sanitário, são outros projectos que integram o PIIM no município do Cubal.

Leia também
  • 06/07/2020 15:35:04

    População de Ningui-Ningui beneficia de registo civil

    Benguela - Cerca de seis mil cidadãos residentes na localidade do Ningui-Ningui, comuna de Catengue, município de Caimbambo, beneficiam a partir de hoje, segunda-feira, pela primeira vez, de registo civil e de Bilhete de Identidade, informou a delegada da Justiça na província Benguela.

  • 03/07/2020 20:30:03

    PIIM leva primeiro posto médico e escola à comuna da Praia do Bebé

    Lobito - Os mais de 15 mil habitantes da comuna da Praia do Bebé, município da Catumbela, vão ganhar uma escola primária de sete salas de aula e o primeiro posto médico, cujas obras de construção decorrem a bom ritmo, no quadro do Plano Integrado de Intervenção Municipal (PIIM).

  • 03/07/2020 16:22:38

    Remar reabilita 81 "ex-dependentes" de drogas na Catumbela

    Lobito - Oitenta e um cidadãos ex-dependentes de drogas e alcoolismo, de várias partes do país, encontram-se, actualmente, internados no Centro de Reabilitação da Remar, na comuna da Praia do Bebé, município da Catumbela (Benguela), na tentativa de abandonarem o vício que os afligia.