Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

07 Agosto de 2020 | 14h51 - Actualizado em 07 Agosto de 2020 | 14h51

Campanha de massificação de registo civil abrange 29 mil cidadãos

Mbanza Kongo - Vinte e nove mil cidadãos residentes no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, vão, até Dezembro deste ano, beneficiar do registo de nascimento e bilhete de identidade, no âmbito da campanha de massificação de registo civil e atribuição deste documento de cidadania angolana.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Lançamento da campanha de atribuição de BI

Foto: Joaquina Bento

 Os dados foram avançados, nesta sexta-feira, pelo administrador municipal adjunto de Mbanza Kongo para o sector político, social e das comunidades, Garcia Ramos Moniz, no acto de lançamento da Campanha de Massificação do Registo Civil e Atribuição do Bilhete de Identidade no município sede.

Para esta empreitada, disse a fonte, foram constituídas quatro brigadas de registo civil compostas por seis elementos cada e duas de identificação, com quatro técnicos por cada brigada.

O responsável prometeu trabalhar com o sector da justiça e dos direitos humanos no município para se evitar eventuais casos de infiltração de cidadãos estrangeiros no processo.

Informou que foram mobilizados sobas e regedores nas seis comunas para sensibilizar a população para aderir ao processo, bem como servirem de testemunhas em casos suspeitos.

Explicou que do levantamento feito ao nível do município de Mbanza Kongo notou-se que mais de sete mil cidadãos residentes em zonas rurais não dispõe de assentos de nascimento, deste número cinco mil são crianças menores de dez anos.

Com uma extensão de 7.651 quilómetros quadrados, o município de Mbanza Kongo tem uma população estimada em 180 mil e 329 habitantes distribuídos em seis comunas: Kalambata, Luvo, Nkiende, Madimba, Kaluka e Sede.

Leia também
  • 05/08/2020 11:46:17

    INAD quer colaboração na denúncia de áreas minadas

    Mbanza Kongo - O chefe de departamento provincial do Instituto Nacional de Desminagem (INAD) no Zaire, David Sapalalo Ndué, pediu esta quarta-feira, em Mbanza Kongo, a colaboração da população na identificação e denúncia de eventuais áreas suspeitas de terem engenhos explosivos, a fim de evitar acidentes por minas.

  • 04/08/2020 12:19:57

    Zaire: Agente da polícia condenada por contrabando de combustível

    Mbanza Kongo - O Tribunal da Comarca de Mbanza Kongo, província do Zaire, condenou, segunda-feira, a um ano de prisão efectiva Cristina Kanga, agente reguladora de trânsito da Polícia Nacional (PN), por contrabando de combustível.

  • 04/08/2020 09:57:24

    Vila do Mpala sem energia eléctrica há oito meses

    Mbanza Kongo - A sede comunal do Mpala, situada a 57 quilómetros da vila do Nóqui, província do Zaire, está privada do fornecimento de energia eléctrica há oito meses, por falta de combustível.