Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Agosto de 2020 | 13h20 - Actualizado em 15 Agosto de 2020 | 13h26

Restos mortais de Carlos Burity repousam na Santana

Luanda - Os restos mortais do músico Carlos Burity, falecido quarta-feira, em Luanda, vítima de uma paragem cardiorrespiratória, foram sepultados hoje, sábado, no cemitério da Santana.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Carlos Burity foi hoje a enterrar (arquivo)

Foto: Nelson Malamba

Na mensagem de condolência durante o acto, o Vice-presidente da República, Bornito de Sousa,  afirmou ter sido com profunda dor e consternação que tomou conhecimento do passamento físico do músico, e endereçou sentimento de pesar à família e classe artística.

Também em mensagem de condolência, o Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente considera Carlos Burity um pilar sobre o qual assenta, de modo firme, a reputação de um cancioneiro genuinamente angolano.

Para o Ministério, o conjunto da sua obra, mais do que um letreiro digno de homenagem e referência, é o mais vivo testemunho de tudo que o músico deixa para a história.

Já na mensagem lida pelo guitarrista Quintino, em nome da União Nacional dos Artistas e Compositores (UNAC), destacou-se o artista como um dos expoentes máximos do semba da actualidade.

Para a UNAC, o intérprete deixa uma rica e honrada discografia musical, composta por sete singles, duas LP, seis CD, sendo o último lançado em 2010, com o título Malalanza.

Na ocasião foram também lidas mensagem do Governo provincial de Luanda e da família.  

Carlos Fernandes Burity Gaspar nasceu em Luanda, em 1952.

Iniciou-se na música em 1968 e gravou, em 1974, sucessos como "Ixi Iami" e "Recado".

Em 1968 integrou a formação pop–rock Cinco mais um, com Catarino Bárber e José Agostinho, o último do Duo "Missosso", com Filipe Mukenga.

Carlos Burity tem ainda publicado, entre outros, os álbuns "Wanga", "Ginginda", "Massemba", "Zuela o Kidi", "Paxi Iami" e “Malalanza”.

Assuntos Mortes  

Leia também
  • 14/07/2020 14:09:44

    Detido segurança acusado de morte de jovem no Uíge

    Uíge - O autor da morte de um jovem por disparo de arma de fogo, na província do Uíge, foi detido, nesta terça-feira, pela Polícia Nacional.

  • 07/07/2020 12:18:01

    Desentendimento entre amigos resulta em morte

    Uíge - Um cidadão de 19 anos de idade morreu hoje, no município do Bungo, província do Uíge, resultante de uma briga por causa de 200 kwanzas.

  • 29/06/2020 17:01:41

    Queimadas anárquicas causam morte a dois menores

    Uíge - Duas crianças, com idades compreendidas entre os seis e 14 anos, morreram carbonizadas nesse domingo, no município de Quimbele, província do Uíge, em consequência de queimadas anárquicas protagonizadas por caçadores furtivos.