Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

20 Setembro de 2020 | 17h29 - Actualizado em 22 Setembro de 2020 | 14h54

MPLA pede união no combate à Covid-19

Malanje - O Comité Provincial do MPLA em Malanje exortou os militantes, amigos, simpatizantes e a população em geral a "cerrarem fileiras" contra a Covid-19, tendo em conta o risco que a doença representa para a vida e o desenvolvimento das comunidades.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Cidade de Malanje

Foto: Pedro Parente

Ilustração da COVID-19

Foto: Divulgação

O apelo vem expresso no comunicado final da VIII reunião ordinária do Comité Provincial do partido, realizada no sábado, nesta cidade, que entre outros aspectos, analisou e aprovou o relatório de actividades desenvolvidas durante o ano 2019 e a vida do partido na província, bem como o programa de governação local.

Por outro lado, a sessão recomendou a denúncia dos cidadãos que violam as regras de biossegurança definidas em função da pandemia que assola o país e o mundo, bem como daqueles que fomentam a intriga e a calúnia no seio do partido.

De acordo com o documento, urge a criação de mecanismos consentâneos que permitam um combate cerrado sobre estes comportamentos, tendo em atenção que os mesmos prejudicam a unidade e coesão entre os militantes e consequentemente concorrem para o fraco funcionamento do partido na província.

Os trabalhos foram orientados pelo primeiro secretário do Comité Provincial do MPLA, Norberto dos Santos “Kwata Kanawa”, que na ocasião considerou que o partido sempre esteve ao lado do povo e neste momento de pandemia e de crise deve-se estar cada vez mais próximo das suas estruturas de bases e dos militantes, para garantir esperança e o sentimento de confiança das acções que visam fundamentalmente melhorar a vida dos angolanos.

Realçou que o MPLA está em renovação, adaptando-se as condições das várias fases e etapas da luta do povo angolano, que mantém sempre firmes, unidos e coesos os cidadãos, sendo que o partido tenha em atenção a sua acção no programa da governação sufragado nas eleições de 2017.

Apesar disso, de acordo com o político, é fundamental definir claramente o rumo a seguir, respeitando as políticas traçadas pelo partido, pois não basta ter um bom programa e bons estatutos, mas importa a sua aplicação prática, em conformidade com o conteúdo dos documentos aprovamos em congressos ou a outros níveis de direcção.

Nesta perspectiva, disse, a província foi contemplada com 108 projectos do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) para os 14 municípios, dos quais 81 foram já validados e 48 já em execução, cujas obras contemplam a recuperação de estradas, construção e reabilitação de hospitais, centros de saúde, escolas, sistemas de água, espaços de lazer, entre outros.

Destes projectos, realçou, 97 são de âmbito local, sete provincial e cinco de âmbito central, todos avaliados em 26 mil milhões, 718 milhões, 647 mil e 669 kwanzas, cuja implementação tem sido um facto, apesar da crise financeira agudizada pela pandemia da Covid-19.

A sessão serviu para informar aos participantes sobre o surgimento na província de Malanje da Universidade Rainha Njinga Mbande, bem como o grau de execução do PIIM e outras acções do Governo provincial e dos seus parceiros no combate à Covid-19, para além da ascensão da do Clube da Baixa de Cassanje ao Girabola.  

A sessão foi encerrada via vídeo-conferência, pelo coordenador do grupo de acompanhamento do Bureau Político do MPLA  para a província de Malanje, Albino Carlos, que destacou o empenho do Comité Provincial face aos desafios do momento e apelou para a contínua dinâmica e apoio às acções do Executivo tendentes ao aumento da produção nacional e protecção das famílias mais vulneráveis.

Exortou ainda os membros do partido para a prossecução no acompanhamento dos programas de investimentos públicos e do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios, enquanto fortes pendores de impacto na vida da população.

A VIII reunião contou com a participação de deputados e militantes a vários níveis dos catorze municípios da província.

Leia também
  • 22/09/2020 14:51:33

    Covid-19: Famílias confinadas recebem cestas básicas

    Huambo - Cinquenta e três cestas básicas, das 236 disponíveis, foram distribuídas para as famílias confinadas em vários pontos do município do Huambo, com objectivo de mitigar os efeitos das restrições em sede das medidas de prevenção e combate à Covid-19.

  • 21/09/2020 19:49:48

    Vítimas das chuvas recebem lotes para autoconstrução dirigida

    Ndalatando - Duzentas e sessenta e cinco famílias sinistradas pelas chuvas começaram a receber hoje lotes de terreno para auto-construção dirigida, na localidade do Quilómetro Onze (Km 11), município do Cazengo, província do Cuanza Norte, no âmbito do projecto do governo provincial de melhoria das condições de habitabilidade dos munícipes.

  • 21/09/2020 18:46:06

    Amotrang lança projecto para formar moto-taxistas

    Malanje - Um projecto denominado ?Renascer? consubstanciado na formação dos filiados em matérias de Código de Estrada, foi lançado hoje, na cidade de Malanje, pela Associação dos Motoqueiros e Transportadores de Angola (Amotrang).

  • 21/09/2020 18:29:35

    Pai tenta matar recém-nascido com lixívia

    Ndalatando - Um recém-nascido de cinco dias de vida sobreviveu após a ingestão de lixívia administrada pelo próprio pai hoje, no município do Lucala, província do Cuanza Norte.