Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

26 Setembro de 2020 | 17h31 - Actualizado em 26 Setembro de 2020 | 17h31

Luanda ganha centro de tradução de documentos

Luanda - Um centro de tradução de documentos escritos em mandarim, russo, francês, espanhol e inglês para português e vice-versa, denominado por Angojobs, foi inaugurado, neste sábado, no município do Talatona, em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

 

O centro tem como objectivo melhorar a qualidade da tradução de documentos nestas línguas e presta ainda serviços de recrutamento e selecção de quadros formados dentro e fora do país para a sua inserção em empresas nacionais.

O reconhecimento de documentos diversos juntos dos serviços notariais, Ministério das Relações Exteriores e embaixadas dentro e fora do território nacional consta igualmente na lista de serviços prestados pela Angojobs.

Numa primeira fase, o centro prevê recrutar e seleccionar 100 quadros formados na República da China, para reforçarem o know-how da instituição e posteriormente poderem trabalhar em empresas dentro das suas áreas de formação.

No âmbito da parceria com o consulado de Angola na China, a empresa tem feito intermediações de várias empresas que queiram se estabelecer no mercado chinês, com uma visão de alargamento para o Brasil, Rússia e Portugal.

Falando à Angop no final do evento, o director-geral da empresa, William Freitas, disse que pretendem prestar maior atenção no recrutamento e selecção nos quadros formados na China, para que estes possam trabalhar em Angola.

A Angojobs foi fundada ao 2 de Abril de 2018, em Pequin (Beijnig), capital da República Popular da China, por jovens angolanos formados neste país.

Conta com uma representação na China.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 24/09/2020 19:55:19

    PIIM cria mais de 20 mil postos de emprego fixos

    Luanda - Vinte e três mil e 200 postos de empregos fixos serão criados, até 2022, no quadro da implementação do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), anunciou, nesta quinta-feira, a porta-voz da Comissão Interministerial, Laurinda Cardoso.

  • 22/09/2020 13:41:04

    ITEL cria equipamentos para combater o coronavírus

    Luanda - Duas invenções de estudantes, professores e técnicos do Instituto de Telecomunicações (ITEL), em Luanda, vão reforçar o combate contra o coronavírus, numa altura em que o país contabiliza 4 mil e 117 casos positivos da doença.

  • 18/09/2020 16:37:05

    Menor suicida-se em Ndalatando por alegado "bullying"

    Ndalatando - Um menor de 14 anos de idade suicidou-se quinta-feira, no bairro Miradouro, arredores de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, por alegado ?bullying?.