Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

01 Outubro de 2020 | 20h16 - Actualizado em 01 Outubro de 2020 | 20h15

Governo pretende tornar Baia dos Tigres num verdadeiro Oásis de Angola

Tômbwa - O governo do Namibe pretende tornar a Ilha da Baia dos Tigres, no município do Tômbwa, num verdadeiro “ Oásis “ de Angola, a julgar pelas suas características geográfica e com os recursos turísticos, histórico e politico que a mesma apresenta.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A pretenção foi manifestada hoje pelo governador do Namibe, Archer Mangueira, após o final da sua visita àquela ilha, tendo salientado que, num período a curto e médio prazo, o governo poderá tornar esta localidade num verdadeiro Oásis  de Angola, pois a mesma apresenta infra-estruturas da década de 40, com valor turístico, histórico e  politico, que poderá atrair assim gentes nacionais e estrangeiras em saber mais da sua essência e do modo de vida dos seus povos.

Esta é primeira visita como governador do Namibe a esta Ilha.

 Nesta localidade, o governante visitou  a capela afecta à igreja católica, , tanques de água, o cine Baia dos tigre, antigo hospital, zona industrial e pesqueira, antigo cemitério, famosa lagoa e praia da Vanessa.

A comuna, com uma área de 100 quilómetros quadrados, foi fundada por pescadores do Algarve (Portugal) em 1860 e habitada por eles até ao final do período colonial, 1975, mas devido à escassez de água a vila foi ficando abandonada.

Actualmente é uma ilha isolada e desabitada, situada no sul de Angola. Reza a historia que a mesma foi descoberta pelo marinheiro português Diogo Cão. Desde a década de 1860 em que os primeiros habitantes mudaram-se para lá e estabeleceram a vila de pescadores chamada Tigres.

Em 1962, a conexão terrestre foi interrompida por uma tempestade. Isto levou a interrupção da ligação de água doce, que inaugurou o desaparecimento do assentamento. Após a revolução dos cravos, os últimos colonos deixaram a ilha em 1974, pela justificação da falta deste precioso líquido para a sua sobrevivência.
 

Hoje considerada como ilha fantasma voltada pela natureza, o que lhe torna como um lugar fascinante para a presença de turistas nacionais e estrangeiros.

A localidade dista a 150 quilómetros do município sede do Tômbwa e já foi considerada como um dos maiores centros de Pesca de Angola.

De salientar que o governo da província do Namibe em 1999 iniciou um estudo sobre a Baia dos Tigres, com vista a sua recuperação, mas por falta de financiamento o mesmo não foi concretizado.

A administração comunal da Baia dos Tigres funciona no município do Tômbwa, tudo porque a mesma não oferece condições para albergar  os seus funcionários.

Assuntos Província » Namibe  

Leia também
  • 25/09/2020 16:24:31

    Governo do Namibe aposta no capital humano

    Moçâmedes - O Governo Provincial do Namibe está a apostar na capacitação do capital humano no sentido de aumentar a produção e prestar melhor serviço aos cidadãos afirmou hoje, sexta-feira, em Moçâmedes, o governador local, Archer Mangueira.

  • 24/09/2020 15:25:57

    Tômbwa conta com 75 pontos turísticos

    Moçâmedes- O município do Tômbwa, província do Namibe, conta com 75 pontos recursos turísticos, entre naturais, histórico-culturais, informou, nesta quinta-feira, o administrador municipal, Alexandre Nyuka.

  • 24/09/2020 15:09:01

    Governo do Namibe aborda estratégia para formação profissional

    Moçamedes - O governo da província do Namibe reuniu, nesta quinta-feira, com gestores das instituições escolares do II Ciclo e os empresários, para abordarem a implementação da formação profissional.