Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Outubro de 2020 | 15h52 - Actualizado em 14 Outubro de 2020 | 15h51

Covid-19: Muxima do Toco reduz número de fiéis na peregrinação

Lubango - A nona edição da peregrinação ao Santuário da Muxima do Toco, no Lubango, a acontecer entre 23 a 25 do mês em curso, será restrita face as limitações impostas pela Covid-19.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Para o efeito, a Igreja Católica limitou a presença, na missa pontifical, de apenas dois mil fiéis, diferente dos 30 mil de 2019.  

De acordo com o  pároco do Toco, Américo Gomes, apesar de não poderem receber fiéis de todo o país como nos anos anteriores, os cristãos vão poder acompanhar a missa em suas residências, a partir de plataformas digitais.

O padre informou que os dois primeiros dias da actividade vão ser dedicados  aos moradores do sector do Toco, num número não superior a 300 pessoas, sendo que na sexta-feira é reservado aos missionários do Toco e no sábado para o grupo do apostolado da oração,  que inclui o grupo da legião de Maria e os internos da paróquia.

 “Cada um deve continuar em casa de acordo com as orientações das autoridades sanitárias. Manterem-se unidos na oração e estima recíproca, para que juntos possamos pedir a intervenção de Maria por Angola e pelos nacionais”, reforçou o religioso.

Sob o lema “Mamã Muxima, Nossa Mãe, Libertai-nos Dessa Crise”, a presente edição remete a reflexão sobre a situação actual do país que, para além da pandemia, está a viver uma crise social e económica grave.  

Durante os três dias de peregrinação vão ser abordadas temáticas como “Os momentos mais difíceis de Maria” e “Como nos superar nos momentos de tribulação”.

A organização tem acauteladas e encarregues ao hospital do Toco as condições de biossegurança, com o auxílio do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, do Instituto Nacional de Emergências Médicas (INEMA) e de efectivos da Polícia Nacional.

 A Paroquia da Mamã Muxima está localizada a 35 quilómetros a sul da cidade do Lubango e existe desde Março de 2012.

Assuntos Província » Huíla  

Leia também
  • 14/10/2020 10:55:18

    Instrutores reforçam conhecimentos sobre modelo de exame de condução

    Lubango - Cento e oito instrutores e monitores de escolas de condução-auto das províncias da Huíla, Namibe e Cunene participam, desde terça-feira, no Lubango, numa formação sobre actualização de conceitos teóricos e práticos de instrução, alinhado ao novo modelo de exame de condução.

  • 11/10/2020 11:02:39

    Detido segurança acusado de violação sexual de menor no Lubango

    Lubango - Um agente de segurança privada, de 50 anos de idade, foi detido neste sábado, no Lubango, por alegada violação sexual de uma criança de sete anos, no interior da sua zona de guarnição.

  • 10/10/2020 16:54:18

    REMPRE cadastra mais de três mil empresas na Huíla

    Lubango -Três mil e trezentas empresas do comércio e prestação de serviços foram cadastradas em 13 municípios da província da Huíla, no quadro do Recenseamento de Empresas e Estabelecimentos (REMPE) na Huíla.