Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

18 Outubro de 2020 | 15h21 - Actualizado em 18 Outubro de 2020 | 15h20

Miss Bengo lança projecto contra má nutrição infantil

Caxito - Propor estratégias de promoção de saúde, buscando uma educação para a alimentação mais saudável, é um dos propósitos do projecto de intervenção contra à má nutrição infantil "NutriBengo" lançado, no sábado, no município dos Dembos, numa iniciativa da Miss Bengo 2020, Rita dos Santos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Pretende-se com o projecto beneficiar directamente crianças dos zero aos cinco anos de idade, bem como pais e encarregados de educação das crianças, de forma indirecta.

Em declarações à imprensa, a Miss Bengo 2020, Rita dos Santos, explicou que o projecto NutriBengo visa garantir o desenvolvimento da primeira infância, a segurança alimentar e nutricional.

Para tal, serão distribuídas 500 tigelas de sopa em cada um dos seis municípios da província do Bengo, bem como palestras com especialistas sobre nutrição infantil.

A médica Lucrécia Fiaça destacou a importância deste projecto, lembrando que os doentes imuno-comprometidos ou imuno-deprimidos são um grupo de risco que com alguma facilidade podem ser infectados pelo vírus Sars cov2.

“Dentre as complicações da má nutrição temos a incapacidade das crianças assimilarem e eu penso que é muito bom continuar nesse projecto de combate à má nutrição, para que possamos ter pessoas mais saudáveis”, referiu.

A médica sugeriu a inclusão de produtos naturais e do campo na alimentação das crianças de forma a se conseguir fontes de vitaminas e proteínas e ajudar o organismo a se desenvolver como convêm.

Por sua vez, o director municipal da Saúde dos Dembos, Sebastião Gongo, informou que o município tem uma média de 20 pacientes semestralmente com má nutrição, sem o registo de qualquer morte.

Lamentou o facto de muitas mães de crianças sub-nutridas abandonarem o tratamento, alegando que a má nutrição deve ser combatida com tratamento caseiro/tradicional.

Durante a sua estadia no município dos Dembos, a Miss Bengo 2020, Rita dos Santos, ofereceu medicamentos diversos ao hospital municipal.

A 16 de Outubro assinalou-se o Dia Mundial da Alimentação sob o espectro do aumento da fome no mundo, devido a vários factores, como alterações climáticas e o surgimento da Covid-19, pandemia que impôs um confinamento social em todos os países.

A representante da FAO, Gherda Barreto, disse recentemente que, nos últimos anos, Angola tem dado passos importantes nos seus compromissos para a erradicação da fome.

Entre dois biénios 2004/2006 e 2017/2019, a prevalência da subalimentação no país passou de 52,2 % para 19%, o que em termos populacionais corresponde a mais de cinco milhões de pessoas subalimentadas por dia.

Segundo a oficial da FAO,  para atingir a agenda 2030, Angola tem de passar os 5.5 milhões de pessoas em subalimentação a nível zero, ou seja, deve alcançar o chamado desafio “Fome Zero”.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também