Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Transporte

26 Maio de 2013 | 11h13 - Actualizado em 26 Maio de 2013 | 11h02

CFL disponibiliza três comboios para o transporte dos fiéis que participam da peregrinação ao santuário de Ndalatando

Kwanza Norte

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Aeronave de la Transportadora Aérea Angoleña.

Foto: Angop

Ndalatando - A direcção dos Caminhos de Ferro de Luanda (CFL) disponibilizou três locomotivas que estão a apoiar a igreja católica, no transporte de mais de cinco mil peregrinos que escalaram sábado último a cidade de Ndalatando, capital do Kwanza Norte, afim de participarem da peregrinação anual ao Santuário de Maria Auxiliadora.

As locomotivas, com cerca de 10 carruagens cada, começaram a circular na cidade de Ndalatando às 12 horas de sábado, tendo a última aportado na estação local apenas às 20 horas, após registar uma avaria numa das estações do município de Kambambe.

Segundo uma fonte da igreja católica, o recurso ao comboio que deverá igualmente levar de volta os peregrinos após o término da actividade, constituiu uma medida adoptada pela organização do evento por apresentar maiores condições de segurança e comodidade para o passageiros, garantir o transporte de um maior número de pessoas e bens, bem como oferecer custos mais baixos de transportação. 

Da presente peregrinação, com término previsto para hoje, domingo, participam mais de oito mil fiéis católicos vindos das províncias de Luanda, Benguela, Kwanza Sul, Bengo, Malanje, Uíge, consideradas regiões de Angola onde está representada a congregação dos padres salesianos de dom Bosco, promotores da actividade

O responsável da paróquia da Kipata, local onde está localizado o santuário de Maria Auxiliadora, José Francisco Lopez revelou que, o número de fiéis que participa da peregrinação cresce anualmente devido as melhorias que vão se registando nas estradas, obrigando a organização a racionalizar o espaço reservado para os acampamentos e a disponibilização de serviços indispensáveis ao bem-estar das pessoas.

Tradicionalmente realizada nos dias 25 e 26 de Maio, a festa, em homenagem à Maria Auxiliadora, acontece há 214 anos.

Fundada em 1990, a Diocese de Ndalatando, que tem como bispo dom Almeida Kanda, conta com nove paróquias e 102 missionários, entre os quais 27 padres, seis religiosos e 69 madres, auxiliados por 656 catequistas.

Leia também
  • 27/04/2016 21:10:16

    Cuanza Norte: Moto-taxistas deixarão de circular no casco urbano de Ndalatando

    Ndalatando - Os motociclistas, vulgo "cupapatas", que fazem serviço de táxi deixarão, brevemente, de fazê-lo no casco urbano da cidade de Ndalatando, sede da província do Cuanza Norte, pelo facto de violarem sistematicamente as regras do código de estrada, anunciou o segundo comandante provincial para a ordem pública da Polícia Nacional (PN), subcomissário José Gaspar da Silva.

  • 07/01/2016 15:13:01

    Cuanza Norte: CFL prorroga suspensão da circulação dos comboios de longo curso

    Luínha - A empresa de Caminho-de-ferro de Luanda (CFL) prorrogou, nesta quarta-feira, a suspensão temporária da circulação dos comboios de longo curso do segmento Estação do Bungo/Ndalatando/Malange para mais sete dias, devido a uma ravina na linha férrea, na localidade do Luínha, a 45 quilómetros da vila de Canhoca, Cuanza Norte.

  • 07/01/2016 14:40:32

    Cuanza Norte: CFL transporta mais de três milhões de passageiros em 2015

    Luínha - Os comboios da empresa de Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL) transportaram, durante o ano transacto, três milhões, 320 mil passageiros e mais de 80 mil toneladas de mercadorias diversas no circuito ferroviário Estação do Bungo/Ndalatando/Malange.

  • 03/09/2014 21:39:00

    Cuanza Norte: País contará com oficinas regionais para manutenção de viaturas

    Ndalatando - O ministro angolano dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, anunciou hoje, quarta-feira, em Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, que o seu pelouro tem em carteira um projecto de construção de oficinas regionais destinadas a assegurar a manutenção dos transportes rodoviários.