Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Transporte

07 Janeiro de 2016 | 15h13 - Actualizado em 07 Janeiro de 2016 | 15h12

Cuanza Norte: CFL prorroga suspensão da circulação dos comboios de longo curso

Luínha - A empresa de Caminho-de-ferro de Luanda (CFL) prorrogou, nesta quarta-feira, a suspensão temporária da circulação dos comboios de longo curso do segmento Estação do Bungo/Ndalatando/Malange para mais sete dias, devido a uma ravina na linha férrea, na localidade do Luínha, a 45 quilómetros da vila de Canhoca, Cuanza Norte.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Celso Rosa, PCA do CFL, constata obras de reposição da circulação de comboios

Foto: Eliseu Veloso

Comboio do CFL na estação de canhoca

Foto: Eliseu Veloso

Ravina de seis metros ameaça circulação de comboios do CFL

Foto: Eliseu Veloso

A ravina compreende oito metros de profundidade, 18 de comprimento e 12 de largura.

A prorrogação da interdição foi anunciada no local pelo Presidente do Conselho de Administração dos CFL, Celso Rodrigues de Lemos Rosa, no final de uma visita de constatação dos trabalhos de reposição de cinco quilómetros da linha ferroviária, iniciados há 10 dias, na sequência do descarrilamento do vagão de mercadorias do comboio de passageiros de longo curso, que a 23 de Dezembro último fazia o trajecto Luanda/Malanje.

Celso Rosa lembrou que, por este motivo, a circulação do comboio inter-provincial ficou suspensa até ao dia quatro de Janeiro do ano em curso, mas factores ambientais e o acesso difícil à localidade inviabilizaram a realização dos trabalhos nos prazos previstos.

Aliado a isso, continuou, as fortes chuvas que têm caído nos últimos dias sobre a circunscrição originaram, nos últimos dias, a abertura da ravina já referenciada, o que obstrui a circulação do comboio.

“No dia 23 de Dezembro registamos, no quilómetro 179, o descarrilamento do vagão da última composição do comboio que subia para Malanje, o que trouxe como danos os estrangulamentos da linha numa distância de 5 km e para o efeito criaram-se duas brigadas de trabalhos que desde 24 de Dezembro trabalham 24 horas ao dia”.

Lamentou que as intempéries e as fortes chuvas que assolam a localidade criaram outros danos, como no ponto quilométrico 194 (depois de Luinha) “onde registamos três arrombamentos de terras que puseram em causa a própria via”, o que associado a uma ravina desta dimensão “implicará obras de engenharia de média dimensão”.

Celso Rosa qualificou os danos como enormes “e já vão acima dos 50 milhões de Kwanzas, sendo que para além dos meios técnicos e materiais estão envolvidos na recuperação do troço 75 trabalhadores.

Em relação às perdas da empresa com a suspensão temporária da circulação dos comboios de longo curso o P.C.A. disse que rondam em torno de um milhão e 200 mil Kwanzas, à razão de uma faturação de 600 mil Kwanzas por semana.

Em nome da empresa ferroviária o responsável lamentou a situação corrente e informa que estão a desenvolver-se esforços no sentido de serem repostas as condições de circulação e retomar rapidamente os serviços.

“Estamos a trabalhar para que dentro de cinco a sete dias, os trabalhos se concluam porquanto estamos a reunir uma serie de meios indispensáveis para esta operação”, garantiu.

Leia também
  • 13/10/2018 05:40:26

    Aviação Civil nacional com boas perspectivas - Especialista

    Luanda - A Aviação Civil em Angola apresenta um quadro optimista, tendo em conta o processo de modernização e formação de quadros em curso no sector, considerou sexta-feira, em Luanda, o técnico especialista reformado da Enana, Paulino Baiona.

  • 28/10/2017 19:45:35

    Huíla: Novos autocarros entram em circulação na segunda-feira

    Lubango - Dezassete novos autocarros, recentemente entregues a seis operadoras de transporte públicos urbanos e interprovincial da Huíla, pelo ministério dos transportes, entram em circulação nesta segunda-feira (30), garantiu a directora provincial do sector, Mariana Dias.

  • 30/04/2017 17:01:42

    Huíla: CFM ensaia comboio-expresso Namibe - Menongue

    Lubango - O Caminho-de-ferro de Moçâmedes (CFM) vai lançar o seu primeiro comboio-expresso ainda este ano, que ligará em dois sentidos as províncias do Namibe, Huíla e Cuando Cubango, logo a chegada de cinco novas locomotivas adquiridas à americana General Electric.

  • 27/01/2017 13:17:29

    Angola: Desaceleração da economia afecta volume de negócios da ENANA

    Luanda - A desaceleração da economia nacional, ligada ao baixo preço do Barril de Petróleo, afectou, de forma significativa, o volume de negócios da Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea (ENANA), no decorrer do ano findo.