Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Transporte

10 Julho de 2018 | 21h02 - Actualizado em 10 Julho de 2018 | 21h01

Avião da TAAG deixa Cunene para Luanda

Luanda - O avião da transportadora aérea angolana TAAG que se encontrava imobilizado, desde segunda-feira, em Ondjiva, Cunene, depois de ter colidido com aves ao aterrar, regressou já a Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Avião da TAAG que esteve imobilizado no aeroporto 11 de Novembro, em Ondjiva, cunene

Foto: José Cachiva

O incidente ocorreu na segunda-feira, quando uma aeronave do tipo Boeing 737-700 da TAAG, proveniente de Luanda, se preparava para aterrar no aeroporto de Ondjiva.

O avião colidiu com aves selvagens que se encontravam na pista, tendo duas delas danificado ligeiramente o reactor esquerdo do aparelho.

Uma outra aeronave da companhia teve que se deslocar esta terça-feira a Ondjiva para recolher os passageiros que ficaram em terra na segunda-feira.

Assuntos Aviação   TAAG  

Leia também
  • 10/07/2018 13:22:41

    Colisão com aves imobiliza avião no Cunene

    Ondjiva - Um avião da transportadora aérea angolana TAAG encontra-se imobilizado, desde a tarde de segunda-feira, no Aeroporto 11 de Novembro, na cidade de Ondjiva, província do Cunene, depois de ter colidido com aves, quando procedia à aterragem.

  • 03/07/2018 11:46:09

    TAAG autorizada a operar sem restrições na UE

    Luanda - A TAAG é a única operadora de transportes aéreos angolano autorizada a voar, sem limitações, no espaço aéreo e territórios dos estados membros da União Europeia, depois de ver renovada, pela terceira vez, a Licença de Operador de Transporte Aéreo de País Terceiro (TCO - Third Country Operator).

  • 02/06/2018 12:32:24

    Chefe de Estado descarta criação de consórcio aéreo

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, declarou esta sexta-feira que a Air Connection Express, o consórcio público-privado anunciado recentemente pelo ministro dos Transportes, Augusto Tomás, para garantir voos domésticos em Angola, não vai adiante.