Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Transporte

26 Julho de 2018 | 17h26 - Actualizado em 26 Julho de 2018 | 17h26

ICAO realiza auditorias em Luanda

Luanda - Uma auditoria, no âmbito do Programa Universal de Supervisão e de Segurança, está a ser realizada, desde segunda-feira no aeroporto de Luanda, pela Organização Internacional da Aviação Civil (ICAO), revelou hoje o director geral do INAVIC, Rui Carreira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Ministro dos Transportes, Ricardo Abreu visita instalações da TAAG e INAVIC

Foto: Alberto Juliao

Rui Carreira, Director Geral do INAVIC

Foto: Alberto Juliao

Em declarações à Angop, no final da visita do ministro dos Transportes às instalações do Instituto Nacional da Aviação Civil (INAVIC) e da TAAG, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, Rui Carreira avançou que a inspecção é uma actividade de rotina, que permite avaliar as capacidades de supervisão em matérias de segurança dos Estados membros.

Este ano a inspecção de segurança aeroportuário é contra actos de interferência ilícita e os procedimentos adoptados pela avaliação irão possibilitar a verificação progressiva do nível de conformidade do Estado, com as normas e práticas recomendadas, a produção de procedimentos, documentação necessária e a análise de factores de risco relacionados com a segurança aeroportuária.

Devido a algumas irregularidades ligadas à segurança aérea, detectadas, há cerca de dez anos, no decorrer da última auditoria da ICAO, o INAVIC passou a constar da safety list desta organização, ficando, desde então, interdito de operar no espaço aéreo da União Europeia.

Sobre a visita do titular da pasta dos Transportes, o director do INAVIC disse que, aproveitou para expor as preocupações do sector relacionadas com o reforço da capacidade do instituto de se afirmar como autoridade aeronáutica, tendo o ministro Ricardo de Abreu prometido trabalhar em conjunto num plano que visa o reforço dessas capacidades.

Rui Carreira lembrou que o processo de certificação do aeroporto de Luanda termina já em finais de Agosto e que o INAVIC já também a trabalhar na certificação do aeroporto da Catumbela, seguindo-se outros em função das solicitações dos gestores.

Mesmo que não estejam certificados, os aeroportos podem operar, porque estão catalogados pelo INAVIC - vocacionado para a supervisão da actividade da aviação civil em Angola, além de regular o acesso ao mercado - que inspecciona periodicamente todos os aeroportos, garantindo a segurança de voos, conclui Rui Carreira.

Assuntos Aeronáutica  

Leia também
  • 12/07/2018 19:46:51

    TAAG pode extinguir primeira classe

    Luanda - A TAAG, Linhas Aéreas de Angola, poderá extinguir a primeira classe dos seus serviços de bordo, de forma a reduzir custos operacionais, disse o Presidente do Conselho de Administração da companhia, José Kuvíngua.

  • 03/07/2018 17:32:33

    INAVIC pode sair da lista de segurança da UE

    Luanda - O Instituto Nacional da Aviação Civil, INAVIC, está a trabalhar no sentido de, nos próximos dias, pôr fim aos dez anos de proibição de operar no espaço aéreo da União Europeia, disse hoje, em Luanda, o seu director-geral, Rui Carreira.

  • 03/07/2018 11:46:09

    TAAG autorizada a operar sem restrições na UE

    Luanda - A TAAG é a única operadora de transportes aéreos angolano autorizada a voar, sem limitações, no espaço aéreo e territórios dos estados membros da União Europeia, depois de ver renovada, pela terceira vez, a Licença de Operador de Transporte Aéreo de País Terceiro (TCO - Third Country Operator).