Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Transporte

04 Setembro de 2018 | 12h24 - Actualizado em 04 Setembro de 2018 | 12h24

Legislação sobre drones desajustada - INAVIC

Luanda - A legislação sobre o funcionamento dos veículos aéreos não tripulados (vulgo drones), em Angola, está desajustada, não responde as exigências da regulamentação e supervisão actuais, afirmou hoje (terça-feira), em Luanda, o Instituto Nacional da Aviação Civil (INAVIC).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

IMAGEM DE UM DRONE

Foto: Google/Divulgação

Ao tomar a palavra na abertura do Seminário sobre Drones, o chefe do Departamento de Segurança Operacional do INAVIC, Manuel Chagas Dantas, adiantou que, apesar da significativa regulamentação sobre essa matéria, o "desenvolvimento tecnológico e supersónico dos nossos dias tornou-a desajustada".

Manuel Dantas avançou que, "é neste contexto que se discute e se analisam os contributos válidos para o reforço da capacidade de regulamentação e supervisão da autoridade da aviação civil, de uma forma geral, paralelamente ao crescimento da actividade de voo não tripulado".

Sem precisar o número de aparelhos e usuários contabilizados pelo INAVIC, o comandante aeronáutico revelou que o crescimento e utilização dos mesmos, em território nacional, já é considerável.

Especialistas da aviação civil vão, nesta terça-feira, abordar temas como "O Impactos dos Drones na Navegação Civil", "Tipos de Drones, suas Aplicações e Manutenção", "Regras e Riscos na Operação de Drones", "Proposta para Licenciamento de Pilotos/Operadores de Drones" e o "Regulamento de Segurança Aérea em Angola".

A Convecção de Chicago de 1945 consagra, no seu artigo oitavo, a necessidade dos Estados membros tomarem medidas e disposições necessárias para que o voo de um aparelho sem piloto, sobre regiões acessíveis a aeronaves civis, seja controlado de forma a evitar qualquer tipo de perigo para os aviões.

Drone é um veículo não tripulado e controlado remotamente, que pode realizar várias tarefas circulando no espaço aéreo e sendo operacionalizado para efeitos de recreação, defesa, lazer, comércio, agricultura, entre outros, uma das novidades tecnológicas actuais, mas que interfere na navegação aérea e na aviação civil.

Assuntos Inavic  

Leia também
  • 03/07/2018 17:32:33

    INAVIC pode sair da lista de segurança da UE

    Luanda - O Instituto Nacional da Aviação Civil, INAVIC, está a trabalhar no sentido de, nos próximos dias, pôr fim aos dez anos de proibição de operar no espaço aéreo da União Europeia, disse hoje, em Luanda, o seu director-geral, Rui Carreira.

  • 24/04/2018 16:50:42

    TAAG assegura voos apesar de inspecção forçada depois de acidente

    Luanda - A TAAG vai manter inalterada a sua grelha de voos, durante as inspecções obrigatórias aos Boeings 737-700, orientadas pelas autoridades aeronáuticas dos EUA e da União Europeia, na sequência do acidente de terça-feira, 17, com um avião da Southwest Airlines.

  • 07/12/2016 14:16:50

    Angola: Movimento de passageiros em África aumenta até 2030- ICAO

    Luanda - O responsável regional da Organização Internacional da Aviação Civil (ICAO) no leste e sul de África, Adiron Alberto, disse, nesta quarta-feira, que o movimento de passageiros nesta região vai subir até 2030.