Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Transporte

06 Setembro de 2018 | 15h02 - Actualizado em 06 Setembro de 2018 | 14h18

Táxis descaracterizados serão retirados de circulação no Cazenga

Cazenga - Uma operação denominada " Gira bairro" para retirar de circulação as viaturas descaracterizadas que efectuam trabalho de táxi, no interior dos bairros do município do Cazenga, em Luanda, está ser realizada pelo comando local da Polícia Nacional.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O objectivo da operação é verificar a autenticidade dos documentos, um trabalho pedagogico, para depois passar para apreensão dos carros que estejam a funcionar em condição ilegal, a efectuar trabalho de táxi no município.

Falando à imprensa, o comandante municipal da corporação, João Carike, disse que a ideia é averiguar a legalidade das viaturas que efectuam o trabalho de táxi, reduzir a criminalidade e acidentes em transportes em mau estado técnico.

" Entendemos que algumas destas viaturas são desmanchadas, fruto de roubos, principalmente os de marca Toyota. Os utentes compram o chassi ou carcaça num indivíduo para recompor uma nova viatura, e nesta recomposição não possuem os  documentos necessários", sublinhou.

Para o comandante municipal, a Lei orienta que o carro pode ter o chassi e motor trocado, mas deve-se informar a Direcção de Viação e Trânsito a alteração das características ou mudança do motor para que esteja  legal.

João Carike explicou que para facilitar a formalização da titularidade, foi dado uma prerrogativa de 90 dias para os taxistas legalizarem a situação das viaturas, principalmente as viaturas ligeiras descaracterizadas para efectuar o serviço de táxi.

No seu entender, o prazo de três meses é uma excepção para que o cidadão não entenda que a polícia é apenas coerciva, mas também um órgão vocacionado a fiscalizar os serviços do Estado.


 

Leia também
  • 13/07/2018 13:57:10

    TCUL necessita de seis bilhões de Kwanzas para funcionar em pleno

    Cazenga - A Empresa de Transportes Colectivos e Urbano de Luanda (TCUL) necessita de pelo menos seis bilhões de Kwanzas para o funcionamento em pleno de todos os sectores administrativos e dos autocarros que se encontram inoperantes, disse o Presidente do Conselho de Administração (PCA), Abel Cosme.

  • 28/06/2018 14:47:09

    Icolo e Bengo conta com autocarros da TCUL

    Icolo e Bengo - Quatro autocarros, com capacidade de 29 lugares, da empresa de Transportes Colectivos e Urbanos de Luanda (TCUL) começaram, desde segunda feira, a circular para o município de Icolo e Bengo.

  • 13/06/2018 15:20:50

    Administrador sugere criação de núcleo de mototaxistas do Rangel

    Luanda - O administrador do distrito urbano do Rangel, município de Luanda, Francisco Manuel Domingos, sugeriu hoje (quarta-feira), a criação de um núcleo dos mototaxistas, para melhor organização e coordenação desta actividade de transporte de pessoas.