Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Turismo

27 Setembro de 2011 | 07h08 - Actualizado em 27 Setembro de 2011 | 14h38

Assinala-se hoje o Dia Mundial do Turismo

Efeméride

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Graças ao turismo, milhões de pessoas de diferentes culturas se encontram em todo mundo

Foto: Angop

Luanda – Assinala-se hoje, 27 de Setembro, o Dia Mundial do Turismo, instituído em 1980 pela Organização Mundial do Turismo (OMT), para coincidir com o aniversário da adopção dos seus Estatutos (em 27 Setembro 1970).

O objectivo da data é promover o conhecimento da comunidade internacional sobre a importância do turismo e seus valores sociais, culturais, económicos e políticos, cuidando ainda dos impactos causados pela actividade, além de se observar a importância na resolução dos problemas relacionados à igualdade social.

Por recomendação da OMT, anualmente é escolhido pelos países membros da Organização um tema a ser debatido internacionalmente e este ano o tema é: "Turismo e a aproximação das culturas”.

“A mensagem deste Dia Mundial do Turismo é que, graças ao turismo, milhões de pessoas de diferentes culturas se encontram em todo mundo como nunca havia ocorrido antes”, afirmou o secretário-geral da OMT, Taleb Rifai.

“Esta interacção entre pessoas com diferentes tradições e formas de vida representa uma imensa oportunidade de avançar o caminho da tolerância, o respeito e a compreensão mútua”, disse.

Segundo a entidade, em 2010, 940 milhões de turistas viajaram a um país diferente, estando em contacto com uma cultura tangível como arte e monumentos, e intangível como música, gastronomia e tradições. O dia Mundial do Turismo 2011 é uma celebração desta integração singular e aspira aprofundar a compreensão de valores da diversidade cultural.

“A data chamará atenção também sobre a importância de conservar e promover as culturas do mundo em todas suas formas. A cultura, que empurra milhões de turistas a viajar e gastar, é também um instrumento vital para o desenvolvimento de um sector turístico sustentável”, diz a OMT

Segundo um relatório da OMT, divulgado o ano transacto, o turismo no mundo está em recuperação, registando um aumento de 7 %, no primeiro semestre 2010, e prevê um crescimento homólogo de 4 %.

No relatório, a OMT estima este resultado positivo num contexto que inclui as grandes quebras de tráfego de e para a Europa em Abril, consequência do fecho do espaço aéreo devido à nuvem de cinzas emitida pelo vulcão islandês.

Recorde-se que no final de 2009, a OMT tinha previsto que em 2010 a retoma no sector seria ligeira, devendo situar-se num crescimento entre 1% e 3%. "Agora, as perspectivas melhoraram”, admitiu a OMT em comunicado.

Embora o crescimento tenha atingido todas as regiões do globo, 421 milhões de passageiros nas chegadas internacionais, no primeiro semestre do ano, a Europa regista o menor aumento, apenas 2% nos primeiros seis meses do ano, ainda que a OMT assinale a tendência para aumentar o ritmo no segundo semestre.

A Ásia e o Pacífico cresceram 14 %, consolidando a liderança do turismo mundial, embora no Médio Oriente o crescimento fosse superior (20 %), mas envolvendo valores absolutos bastante menores. África e Américas apresentaram uma taxa de crescimento de 7 %.

Segundo ainda a OMT, os valores positivos referentes ao número de chegadas internacionais não são ainda acompanhados pelas receitas que, no entanto, no primeiro semestre do ano, foram positivas e com tendência a melhorar na segunda metade do ano. Porém, o volume de chegadas internacionais ainda está abaixo de 2008, em que no primeiro semestre se registaram mais cerca de sete milhões de chegadas do que em 2010.

A OMT alerta, por isso, que “o regresso ao crescimento deve ser encarado com cautela.

Dados do documento indicam que as subidas se registaram em especial na Ásia, África e América. É com base nestes resultados que a OMT mantém a sua previsão de crescimento anual em 2010 de 3 a 4 %, “talvez mesmo mais”, lê-se na nota divulgada pela instituição internacional.