Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Turismo

28 Setembro de 2012 | 11h10 - Actualizado em 28 Setembro de 2012 | 17h32

Identificados 116 pontos de interesse turísticos

Huambo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Chefe de departamento de Hotelaria e Turismo da direcção provincial, Fernando Cavinda

Foto: Angop

Huambo – Cento e dezasseis pontos de interesse turístico foram identificados nos 11 municípios da província do Huambo, no quadro de um plano director que a direcção provincial do Comércio, Hotelaria e Turismo está a implementar desde 2011.
 

Segundo o chefe de departamento de Hotelaria e Turismo da direcção provincial do Comercio no Huambo, Fernando Cavinda,  que falava nesta quinta-feira, os pontos de interesse turístico estão em fase de classificação, para serem submetidos nos próximos cinco dias ao concurso público, para permitir  a intervenção do empressariado privado ligado ao ramo.

 
Fernando Cavinda disse que o plano director elaborado pela instituição aponta  que a recuperação e exploração desses pontos turísticos vai até 2017.

 
De acordo com a fonte, nesta altura o complexo turístico da Ilha dos Amores, localizado no município da Ecunha, 42 quilómetros a oeste da cidade do Huambo, tem já um projecto de referência para ser submetido a concurso público.
 

O responsável, que falava à margem do Dia Mundial do Turismo, assinalado a 27 de Setembro, sob o lema “Turismo sustentabilidade energética para o desenvolvimento sustentável”, considerou positivo o crescimento da rede hoteleira, com o surgimento de hotéis e restaurante em todos os municípios desta região.
 

Fernando Cavinda assegurou que o sector controla actualmente 926 quatros, com mais de mil e 201 camas, que tem proporcionado um melhor acolhimento dos turistas que escalam esta província, com restaurantes espalhados por vários pontos do interior desta região.
 

O responsável assegurou estar em curso, por iniciativa de vários operadores económicos, na sede capital do Huambo, as obras de construção dos hotéis “Ekuikui” com 80 quartos e Chapesseka com igual número de quartos, o hotel “Kassueka” com 23 quartos e “Katito” no município do Bailundo, que vão contribuir na melhoria da rede hoteleira nesta região.
 

Disse que a província possui como potencial pontos de atracção turística, o Granja Pôr-do-sol, o centro de desenvolvimento da Chianga, as albufeiras do Cuando e Ngove, águas térmicas do Wama e do Lepi, complexo turístico da Ilha dos Amores, as pedras do Kawe e Ganda na Caála.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 31/10/2018 22:11:28

    Especialista destaca elevação do Morro do Moco à área de conservação nacional

    Huambo - A concretização do projecto de elevação do Morro do Moco à área de conservação Nacional vai trazer uma nova forma de tratar as questões ambientais na província do Huambo, considerou hoje, quarta-feira, o docente universitário e investigador em ciências da natureza, César Pakissi.

  • 30/10/2018 21:25:18

    Morro do Moco pode ser elevado à categoria de área de conservação nacional

    Huambo - O Morro do Moco, ponto mais alto do país, com 2620 metros, no limite entre os municípios do Ecunha e Londuimbali, na província do Huambo, poderá, a médio prazo, vir a ser elevado à categoria de área de conservação nacional.

  • 18/10/2018 16:16:56

    Locais turísticos no Huambo aguardam por investimento privado

    Huambo - Os locais turísticos da província do Huambo aguardam por investimento privado, para que os mesmos possam ser explorados e contribuírem para a arrecadação de receitas para o tesouro nacional.

  • 31/07/2018 23:19:53

    Estudantes visitam Mupas do Rio Kuiva

    Caála - Mil e cento e trinta alunos das escolas do II ciclo dos municípios da Ecunha e Caála, província do Huambo, visitaram, hoje, o ponto turístico "Mupas do Rio Kuiva", para conhecer a sua dimensão histórica e estudar as suas potencialidades.