Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Turismo

15 Fevereiro de 2013 | 23h01 - Actualizado em 16 Fevereiro de 2013 | 17h12

Inaugurado Hotel Samba em Luanda

Hotelaria e Turismo

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vista frontal do Hotel Samba inaugurado sexta-feira (9/2), em Luanda.

Foto: Angop

Luanda - Uma unidade hoteleira designada Hotel Samba, com a capacidade de 59 quartos e 6 (seis) apartamentos T1, foi inaugurada ao princípio desta noite, na cidade de Luanda, pelo secretário de Estado da Hotelaria e Turismo, Paulino Domingos Baptista.

Na ocasião, o secretário de Estado, que falava em representação do ministro da Hotelaria e Turismo, Pedro Mutindi, disse reconhecer as dificuldades que os empresários do sector enfrentam, no que diz respeito à aquisição de terrenos e espaços para a implementação dos seus projectos, sobretudo, em Luanda.

Referiu que o "Executivo programou e apontou, nos seus planos diversos, acções e metas que vão conferir maior projecção do Sector da Hotelaria e Turismo no país, bem como maiores oportunidades de negócios para os empresários nacionais", nos próximos 5 anos.

Paulino Domingos Baptista apontou como grandes oportunidades, a proporcionar pelo Executivo angolano, o acesso, no futuro, aos terrenos para a implementação de projectos nos "Polos de Desenvolvimento Turístico da Bacia do Okavango, no Kuando Kubango, de Kalandula, em Malanje, e no Projecto Transfronteiriço do Okavango-Zambeze (KAZA), igualmente no Kuando Kubango.

No domínio de quadros, o "Executivo, por via do Ministério da Hotelaria e Turismo, definiu metas ligadas à Formação de Trabalhadores do ramo, com a construção de três Hotéis Escolas nas cidades de Luanda, Benguela e do Lubango (Huíla), para "a formação básica, técnico-profissional e superação permanente dos quadros e técnicos", disse o secretário de Estado.

O Hotel Samba hoje inaugurado, em Luanda, com a classificação de 3 (três) estrelas é uma propriedade do Grupo COSAL e a sua edificação custou à organização o equivalente a 3 (três) biliões de Kwanzas, moeda nacional.

Jaime Freitas, um dos administradores do Grupo COSAL, falou à imprensa, à margem da cerimónia de inauguração do empreendimento, das dificuldades e da onerosidade de materiais para a construção das unidades hoteleiras, enfatizando que esta situação faz com que os preços praticados na hotelaria no país sejam muito elevados.

Na ocasião o empresário reconheceu e agradeceu o apoio que o grupo tem merecido das autoridades governamentais.