Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Turismo

17 Dezembro de 2018 | 21h42 - Actualizado em 17 Dezembro de 2018 | 23h16

Autoridades querem urbanização do Egipto-Praia para atrair turistas

Lobito - O administrador comunal do Egipto-Praia, no Lobito, José Faria, defendeu hoje a necessidade de implementação de um projecto de urbanização daquela região, como medida de incentivo ao investimento privado, sobretudo no sector turístico.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Benguela : Egipto - Praia

Foto: Liliana Ramos Lisa

Apesar dos 42 quilómetros de costa marítima, com 11 praias, o Egipto-Praia ainda está num estado de letargia em termos de actividade turística, como admitiu o responsável, em declarações à Angop, sublinhando, porém, que um plano de urbanização pode mudar essa realidade, evitando até que cidadãos ocupem as reservas fundiárias do Estado.

O administrador adiantou ainda que há contactos com a Universidade Katyavala Bwila no sentido desta fazer um estudo para avaliar as necessidades em torno da urbanização daquela localidade.

Das 11 praias catalogadas, sete estão reservadas para o fomento da actividade turística, enquanto outras são para os pescadores artesanais desenvolverem a sua actividade, como explicou José Faria.

Lembrou que o processo de urbanização da futura sede comunal do Egipto-Praia inclui a melhoria dos acessos até à zona balnear, o que poderá encorajar o surgimento de projectos no ramo hoteleiro, fazendo com que mais turistas visitem a localidade.

Água e Energia com luz verde

Entretanto, o administrador municipal do Lobito, Nelson da Conceição, anunciou para breve a melhoria do abastecimento de água na comuna do Egipto-Praia, pelo que a Empresa de Água e Saneamento (EAS) vai fazer um estudo de viabilidade para essa intervenção, que abrange ainda a comuna vizinha da Canjala.

Em relação à energia eléctrica, apontou como solução a colocação de um gerador novo na sede da comuna e outro para estender a rede pública em todos os pontos da comuna e da Canjala.

Quanto ao acesso à comuna, garantiu que há um projecto, já aprovado pelo Governo central, que prevê a asfaltagem a partir do desvio na Estrada Nacional nº100 até ao Centro de Apoio à Pesca Artesanal, passando pela sede comunal.

Empresários têm visitado o Egipto-Praia para apreciar as suas potencialidades turísticas e gastronómicas, destacando-se um rio de dois braços que se juntam nos últimos metros de água doce, rodeado por vasta vegetação, as 11 praias por explorar e a lagosta, muito procurada por hotéis do Lobito, Benguela, Luanda e Huambo.

Candidata, em 2013, ao concurso Sete Maravilhas Naturais de Angola, lançado pela National 7 Wonders, o Egipto-Praia, onde desagua o Rio Balombo, é um local de paisagem mística que reporta o espectador para o Egipto.

Leia também
  • 17/01/2017 22:23:00

    Benguela: Catengue vai ganhar novo empreendimento turístico

    Caimbambo - Um empreendimento turístico, orçado em um milhão e quinhentos mil dólares norte-americanos, está em construção na localidade do Mundombe, comuna de Catengue, município de Caimbambo, em Benguela, no âmbito da expansão da rede hoteleira local.

  • 13/12/2016 21:46:24

    Benguela: Baía Farta aposta no relançamento do turismo

    Baía farta - A administradora municipal da Baía Farta, província de Benguela, Maria João defendeu hoje (terça-feira) a necessidade do relançamento do turismo na localidade, visando o desenvolvimento do município.

  • 27/09/2016 17:50:31

    Workshop marca dia mundial do turismo em Behguela

    Benguela - Um workshop que reflectiu sobre a aproximação ao plano estratégico de desenvolvimento do turismo de Benguela, marcou hoje, terça-feira, o Dia Mundial do Turismo em Benguela.