Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Turismo

25 Abril de 2018 | 11h16 - Actualizado em 25 Abril de 2018 | 11h12

Lunda Sul sem guia turístico

Saurimo - O sector do Turismo na Lunda Sul necessita urgente de guias para atender turistas nacionais e estrangeiros, que todos os anos escolhem a província para gozar férias e desfrutar dos seus encantos naturais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

ESPAÇO DE LAZER DE UM DOS ALDEAMENTO TURÍSTICO EM SAURIMO

Foto: Quintas Benjamim

A declaração é do director provincial da Hotelaria e Turismo na Lunda Sul, Francisco João. O gestor disse à Angop, a propósito do aproveitamento dos locais turísticos, que a província neste momento não dispõe de guias, o que tem obrigado a direcção a orientar seus técnicos a acompanhar os turistas.  

“Muitos visitantes estrangeiros falam inglês e francês e, ao visitar a nossa província, precisam de alguém que sirva de intermediário para dar a conhecer mais pormenores sobre a beleza natural e compreenderem melhor os hábitos e costumes da Lunda Sul”, realçou.

Para contrapor esta situação, disse que está em estudo um projecto de formação de guias, que posteriormente será encaminhado para o ministério que superintende para a sua avaliação e aprovação.

Por outro lado, informou que o Departamento Provincial de Hotelaria e Turismo registou de Janeiro até a data presente a entrada de mil e 405 turistas, dos quais mil e 295 nacionais e 150 estrangeiros.

Esclareceu que os mesmos escalaram a província com interesse de conhecerem as potencialidades turísticas e económicas da região, bem como manter um intercâmbio com os homens de negócios locais.

A província da Lunda Sul dispõe de cinco locais turísticos, nomeadamente Quedas do Rio Tchihumbwe, Samussanda, Cataratas do Kassengo, Lagoa do Luar e do Pelengue.

Possui uma rede hoteleira composta por 39 unidades, com destaque para dois hotéis de três estrelas, um residencial, duas hospedarias, 12 pensões, cinco restaurantes, cinco snack bares, três pastelarias, cinco aldeamentos turísticos, três cafés e uma pousada. Conta com mil e 486 estabelecimentos comerciais, dos quais 48 grossistas, 750 retalhistas, 156 de prestação de serviços e 532 de comércio precário.

Leia também
  • 31/07/2018 17:15:37

    Passeio turístico marca Dia da Mulher Africana

    Dala - Um passeio turístico às quedas do rio Chihumbwe, localizado na sede do município do Dala, 160 quilómetros a sul da cidade de Saurimo, marcou hoje o Dia da Mulher Africana na Lunda Sul.

  • 08/03/2017 07:20:10

    Governo pretende dinamizar o sector da Hotelaria e Turismo na Lunda Sul

    Saurimo - A direcção provincial do Comercio, Hotelaria e Turismo na Lunda Sul realizou terça-feira, em Saurimo, o seu primeiro Conselho Consultivo Alargado, para discutir estratégias e traçar planos, com vista a dinamizar, impulsionar e desenvolver o sector, bem como criar mecanismos para atrair investidores na província.

  • 28/01/2017 00:04:18

    Mais de dois mil turistas visitam Lunda Sul em 2016

    Saurimo - Dois mil e 127 turistas, entre nacionais e estrangeiros, visitaram a província da Lunda Sul em 2016, com o objectivo de conhecerem as potencialidades sociais, económicas e turísticas da região.