Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Turismo

22 Julho de 2018 | 06h30 - Actualizado em 22 Julho de 2018 | 06h30

Angola: Comunicaçao social envolvida na promoçao do turismo em Angola

Luanda - O ministro da Comunicação Social, João Melo, garantiu, na noite de sábado, em Luanda, que o seu sector vai trabalhar em parceria com o turismo, para o desenvolvimento desta área, no quadro do crescimento da economia de Angola.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

“É  com profundo sentido de responsabilidade que as empresas públicas  da comunicação social estão a fazer aquilo que lhes compete, pois sendo empresas públicas têm responsabilidades acrescidas, como agentes promotores do desenvolvimento multifasectico do nosso país”, sublinhou  João  Melo.

O governante, que  interveio na  gala de promoção e angariação de fundos para o segmento da II  Temporada do programa  televisivo “Viajar  Angola”, uma iniciativa da Televisão  Pública de  Angola  e  a Associação dos Hotéis e Resorts de Angola (AHRA), referiu que o Executivo assumiu o compromisso de “trabalhar a toda velocidade” para resolver  os  vários problemas do país.

“O sector do  turismo pode contar com  a parceria e apoio  da imprensa pública, esse é o nosso dever”,  reiterou  João Melo.

Mudança dos conteúdos

Na área da comunicação social, referiu, o  paradigma dos noticiários das empresas públicas já sofreu mudanças, tendo lançado o desafio, para breve, de outras melhoriais a serem introduzidas de forma “profunda e significativa“ na programação de  conteúdos televisivos e radiofónicos.

Um dos objectivos da mudança dos programas dos meios públicos de comunicação social é contribuir para a divulgação e potenciar iniciativas que promovem a economia nacional, de acordo com o titular da pasta.

“O papel da Televisão Pública de Angola, por exemplo, é estabelecer parcerias como estas, e outras idênticas, e não  promover espectáculos  e iniciativas fantasiosas de  divas e divos”, referiu o ministro João  Melo.

Acrescentou que a Televisão Pública de Angola tem a responsabilidade de promover iniciativas que denotam uma profunda responsabilidade social, sendo este o papel da imprensa pública.

No quadro da  nova realidade que o país  atravessa, que caracterizouu como o novo normal, João Melo defendeu a necessidade de se trabalhar mais para se encontrar soluções  para os problemas  do país.

A ministra  do Turismo, Ângela  Bragança, defendeu a promoção do potencial turístico das 18 províncias do país, considerando ser um dos elementos importantes da  economia nacional.

Ângela  Bragança, que  enalteceu a iniciativa  da AHARA e da TPA,  augura vir ser uma  batalha  vencida,  caso haja  engajamento de todos.

Para   tal,  lançou  o desafio  da competitividade, inovação  e criatividade,  por  parte da  classe.

A  inventariação  e diagnostico do património é outro  assunto apontado pela  ministra do Turismo,  apelando a  necessidade  de saber ao certo o estado dos meios e como devem  ser oferecidos  o produto turístico quem  necessitam.

Empresários ligados a  hotelaria  e turismo,  agências de  viagens, rent-car,  bebidas, indústria têxtil e outros  ramos participaram da  gala de  segmento da II temporada “Viajar  Angola”.
 

Leia também