Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Turismo

31 Outubro de 2018 | 22h11 - Actualizado em 31 Outubro de 2018 | 22h11

Especialista destaca elevação do Morro do Moco à área de conservação nacional

Huambo - A concretização do projecto de elevação do Morro do Moco à área de conservação Nacional vai trazer uma nova forma de tratar as questões ambientais na província do Huambo, considerou hoje, quarta-feira, o docente universitário e investigador em ciências da natureza, César Pakissi.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huambo: Morro do Moco

Foto: Angop

Reagindo, em declarações à Angop, ao anúncio do projecto na segunda-feira, pelo Ministério do Ambiente, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), O interlocutor, que já desenvolveu estudos de investigação científica no local, disse que já a muito defendia projectos que visam garantir uma maior dignidade e conservação das suas potencialidades em termos de biodiversidades.

Sublinhou que a importância da aprovação deste projecto reveste-se no facto permitir uma abordagem diferenciada às questões ambientais do ponto mais alto do país.

De acordo com seus estudos, o Morro do Moco tem uma especialidade exclusiva a nível do país, não apenas pela sua altitude, mas pela sua geo-localização, fundamental para albergar determinadas espécies de animais.

Por isso, César Pakissi advogou que, durante o desenvolvimento dos estudos que vão permitir a classificação do Morro do Moco como área de Conservação Nacional, sejam tidas em conta  opiniões da comunidade académica local é os saberes tradicionais da comunidade que residentem à volta do local, para que se possa conceber um projecto equilibrado do ponto de vista de conservação do meio ambiente, bem como venha reflectir os interesses da população das aldeias circunvizinhas.

O projecto de elevação do morro do Moco à área de conservação nacional será  implementado no quadro do 5º ciclo do Fundo Global do Ambiente (GEF5), com financiamento do Ministério do Ambiente e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Considerado o ponto mais alto do país, com 2620 metros, o morro do Moco localiza-se no limite entre os municípios do Ecunha e Londuimbali, a 133 quilómetros a norte da capital desta província.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 30/10/2018 21:25:18

    Morro do Moco pode ser elevado à categoria de área de conservação nacional

    Huambo - O Morro do Moco, ponto mais alto do país, com 2620 metros, no limite entre os municípios do Ecunha e Londuimbali, na província do Huambo, poderá, a médio prazo, vir a ser elevado à categoria de área de conservação nacional.

  • 18/10/2018 16:16:56

    Locais turísticos no Huambo aguardam por investimento privado

    Huambo - Os locais turísticos da província do Huambo aguardam por investimento privado, para que os mesmos possam ser explorados e contribuírem para a arrecadação de receitas para o tesouro nacional.

  • 31/07/2018 23:19:53

    Estudantes visitam Mupas do Rio Kuiva

    Caála - Mil e cento e trinta alunos das escolas do II ciclo dos municípios da Ecunha e Caála, província do Huambo, visitaram, hoje, o ponto turístico "Mupas do Rio Kuiva", para conhecer a sua dimensão histórica e estudar as suas potencialidades.