Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Moxico

Moxico

A maior província de Angola em território. Há uma grande pesca artesanal, produção pecuária e agrícola.

Moxico

Pontos naturais e históricos

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A província do Moxico oferece, sobretudo, um encontro com a natureza numa das suas reservas florestais, ou passeios nos rios.

 

Reserva  florestal do Katupe

Com uma área de 150 quilómetros quadrados, esta reserva está limitada a norte com os rios Luce e Lue, a leste com o rio Condoge, a sul com o rio Londoge e a oeste com o rio Lué.

 

Reserva Florestal do Lucusse

Está limitada a norte com o rio Luchibe, a oeste com o rio Cuele a leste com o rio Cuele, a leste com rio Mundoia e a sul com o rio Lungue-Bungo e tem uma área de 2.450 quilómetros.

 

Reserva Florestal do Cassai

Limitado a norte pelo rio Cassai, a oeste com o rio Lue a sul e a leste com o rio Munhango. Tem uma área de 190 quilómetros quadrados.

 

Parque Nacional da Cameia

Tem uma superfície de 14.450 quilómetros quadrados, tendo sido estabelecido como parque nacional em 1957, onde se encontram várias espécies de peixe como a caqueia ou tuqueia, mussata, entre outros, e animais como onças, pacaças, nusses e palancas, tendo como limites, a norte os Caminhos de Ferro de Benguela (CFB), a sul o rio Luena, a oeste, o rio Lumege e a leste os rios Luanguinga, Chifumagi, Zambeze e Lulua.

 

Reserva Florestal do Luena

Tem uma área de 1.800 quilómetros quadrados e é limitado pelos rios Luena e Canage, enquanto a Reserva do Macondo e a Reserva Florestal do Luisavo têm uma área de 750 e 400 quilómetros quadrados, respectivamente.

 

Podemos encontrar ainda no Moxico, as ruínas do Moxico Velho e os Vestígios Arqeológicos do rio Cassai-Cawewe, onde se encontram pedras gravadas com pegadas de pessoas e animais, entre outros sinais e o Forte do Dilolo.