Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » África

23 Agosto de 2019 | 11h51 - Actualizado em 23 Agosto de 2019 | 11h50

RDC: Governo declara gratuidade do ensino primário a partir de Setembro

Kinshasa - O ensino primário nas escolas públicas congolesas vai ser gratuito a partir 02 de Setembro próximo, inicio do ano lectivo 2019-2020, anunciou quinta-feira, em Kinshasa, o ministro interino do ensino primário, secundário e profissional, Emery Okunji.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Imagem de uma escola primária (Arquivo)

Foto: David Dias

O governante congolês anunciou o facto durante uma mesa-redonda sobre a matéria organizada em Kinshasa, que visou analisar e definir as modalidades práticas que permitam efectivar a gratuidade do ensino de base a partir do próximo ano lectivo.

Pouco antes, Okunji anunciou, em conferência de imprensa, “a supressão de todas as propinas” nos estabelecimentos escolares públicos de ensino de base, se conformando com a Constituição em vigor no país.

A 24 de Janeiro último, ao discursar na sua tomada de posse como Presidente da República Democrática do Congo (RDC), Félix Antoine Tshisekedi, declarara que conforme a Lei fundamental do país, o ensino de base passaria a ser gratuito.

A RDC é um dos países com o maior número de crianças não escolarizada, notou, em Maio último, a Parceria Mundial da Educação (PME).

Calcula-se 3,5 milhões, seja 26,7 % das crianças em idade de frequentar o ensino primário não esteja escolarizada, acrescenta o PME.

No entanto, segundo ainda o PME, a RDC progrediu, com 70 % de alunos que concluíram o ensino primário em 2014, contra 29 %, em 2002.

Metade dos cerca dos 80 milhões de congoleses tem menos de 20 anos, o PIB médio por habitante é de 495 dólares por ano, seja 1,35 dólar por dia, com imensas disparidades, segundo a AFP.

Assuntos RDCongo  

Leia também
  • 22/08/2019 12:28:03

    RDC: Próxima visita de António Guterres ao Kivu-Norte

    Goma (RDC) - O secretário-geral da ONU, António Guterres, efectua, a partir de sábado próximo, uma visita de trabalho de três dias ao Kivu-Norte, Leste da RDC, com o intuito de se encontrar com alguns sobreviventes da epidemia do Ebola.

  • 21/08/2019 17:37:46

    Serviços secretos da RDC querem auditoria das finanças dos ministérios

    Kinshasa - A Agência Nacional de Reconhecimento (ANR), Serviços secretos congoleses, solicitou ao inspector-geral das Finanças uma auditoria das despesas dos Ministérios do governo cessante, dirigido por Bruno Tshibala, desde Março de 2017.

  • 19/08/2019 17:13:54

    Sarampo mata mais que Ébola na RDC

    Kinshasa - Pelo menos 2.758 pessoas, a maioria crianças, morreram desde Janeiro por causa de um surto de sarampo que afecta 23 das 26 províncias da República Democrática do Congo (RDC), denunciou hoje a ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF), que ressaltou a necessidade de arrecadar mais fundos.