Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

01 Fevereiro de 2019 | 16h18 - Actualizado em 01 Fevereiro de 2019 | 18h49

Angola terá centro industrial tecnológico

Luanda - Um Centro Industrial de Tecnologia Avançada (CITAV), avaliado em USD 34 milhões, começa a ser construído a partir do mês de Abril próximo, na Zona Económica Especial Luanda/Bengo, anunciou hoje o director do Instituto Nacional de Inovação e Tecnologias Industriais (Initi), José de Paula.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sem avançar datas para a conclusão das obras e o início das aulas, referiu que o centro vai formar, anualmente, dois mil técnicos nos cursos de automação, robótica, mecânica geral e automóvel, manutenção industrial, entre outras formações do sector industrial.

Afirmou que alguns centros, construídos há alguns anos, carecem de reabilitação, mas as prioridades vão para aqueles com valências tecnológicas, uma componente que fará parte do CITAV, assim como a componente da certificação industrial.  

O responsável, que falava no seminário gestão industrial, dirigido a estudantes da Universidade Gregório Semedo, disse, por outro lado, que se pretende criar futuramente laboratórios de referências, para contribuir na certificação de produtos e de matérias-primas, utilizados pelos industriais.

 O centro está engajado em auxiliar as micros, pequenas e médias empresas na obtenção de ferramentas para a gestão da produção e qualidade na indústria nacional.

José de Paula disse haver necessidade de tornar as empresas nacionais mais eficientes e produtivas e a parceria com o Instituto de Tecnologias Industriais da Argentina vai ajudar nessse sentido.

Entretanto, considerou imprescindível a capacitação de técnicos, adopção de políticas de boa gestão, uso das tecnologias, entre outras medidas para potenciar o sector.

Por sua vez, o funcionário do Instituto Industrial de Tecnologia da Argentina Leandro Suprin salientou que a indústria angolana necessita de investimentos, ferramentas de processamento de matéria-prima, qualidade e gestão da produção.

Assuntos Industrias  

Leia também
  • 31/01/2019 16:32:02

    Universitários em seminário sobre gestão industrial

    Luanda - O Ministério da Indústria, através do Instituto Nacional de Inovação e Tecnologias Indústrias (INITI) realiza sexta-feira, na Universidade Gregório Semedo, em Luanda, um seminário sob lema “Boas Práticas para Gestão da Produção da Qualidade Industrial e Solução Financeira Adaptadas às Necessidades dos Industriais.

  • 30/01/2019 12:33:09

    Pequenas indústrias licenciadas nos municípios

    Luanda - As indústrias das classes três e quatro, como pequenas padarias, moagens, alfaiatarias, sapatarias e carpintarias, serão a partir de agora licenciadas nos municípios no âmbito do processo da descentralização administrativa em curso no país.

  • 08/01/2019 15:46:19

    Grupo Webcor adquire Lactiangol por USD 30 milhões

    Luanda - A Lactiangol, principal unidade industrial de lacticínios de Angola, foi adquirida recentemente pelo grupo Webcor, num negócio avaliado em 30 milhões de dólares norte-americanos, soube hoje a Angop.