Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

05 Julho de 2019 | 17h33 - Actualizado em 05 Julho de 2019 | 17h33

Huíla já tem vacinas para imunizar gado bovino

Matala - Os serviços veterinários da Huíla começaram nesta sexta-feira a vacinar o gado bovino, depois da disponibilização pelo Ministério da Agricultura e Florestas, de um milhão e 200 mil doses de vacina contra a peripneumonia contagiosa e os carbúnculos hemático e sintomático.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Huíla: Gado bovino

Foto: morais silva

A campanha registou um atraso de dois meses, devido a dificuldades financeiras.

A prioridade vai para a comuna do Mulundo, 105 quilómetros a sul do município da Matala onde, na sequência da seca que afecta a região  sul do país, migraram mais de 60 mil cabeças de gado bovino do vizinho Cunene e da República da Namíbia.

Em causa está a concentração desse número elevado de animais forasteiros e seus criadores, que se juntaram aos nativos e que está a gerar desequilíbrios de ordem logística, além de estar na base do surgimento de doenças  por falta de capacidade de resposta dos serviços de veterinária.

Em declarações à Angop, no município da Matala, o  chefe dos serviços de veterinária na Huíla, Samo Daniel, que integra a delegação, reconheceu que a situação tende a atingir contornos “alarmantes”, cuja solução deve passar pela criação de postos unificados  de técnicos da área de pecuária nas províncias  da Huíla e Cunene  para vacinar o gado no Mulondo.

Referiu  ter havido atraso na chegada das vacinas, devido à situação económica e financeira que o país atravessa.

Apesar de não apontar quantidades, disse que neste momento possuem quantidades suficientes para imunizar o gado, pois já foram distribuídas  um milhão e 200 mil doses para os 14 municípios, onde se prevê que sejam abrangidas 900 mil cabeças, contra os carbúnculos hemático e sintomático, assim como a peripneumonia contagiosa.

Realçou estarem sensibilizados todos os criadores da província, no sentido de afluírem em massa às mangas de vacinação.

Leia também
  • 04/07/2019 16:11:02

    CFM vai facturar mais de mil milhões de kwanzas com ferro

    Lubango - O arranque da exploração do ferro-gusa, no município do Cutato, Cuando Cubango e da Jamba, na Huíla, permitirá aumentar a facturação do Caminho de Ferro de Moçâmedes (CFM), de 700 milhões para mais de mil milhões de kwanzas/ano.

  • 02/07/2019 18:21:43

    Sobe número de empresas licenciadas pelo BUE

    Lubango - Trezentas e 56 empresas de diversos ramos da actividade comercial foram licenciadas durante o primeiro semestre do ano em curso, pelo Balcão Único do Empreendedor (BUE), na província da Huíla, facilitando o surgimento de micro e pequenas empresas.

  • 26/06/2019 18:57:11

    Ministro confirma energia de Laúca para Huíla e Namibe em um ano

    Lubango - O ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, informou terça-feira, no Lubango, que decorrem estudos para a interligação dos sistemas de energia eléctrica, a partir da barragem de Laúca (Malanje), para o Lubango e Namibe, através da construção de uma linha com capacidade de mais de 150 megawatts para as duas cidades e que deve estar pronta em um ano.