Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

18 Julho de 2019 | 16h26 - Actualizado em 18 Julho de 2019 | 16h27

EDA aguarda por técnicos para funcionar

Capenda Camulemba - A Estação de Desenvolvimento Agrário Regional (EDA) no município de Capenda Camulemba, 600 quilómetros da cidade do Dundo, Lunda Norte, não funciona desde a sua inauguração, em 2013, por falta de especialistas em agroquímica.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

LUNDA NORTE: LABORATÓRIO DA ESTAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO EM CAPENDA-CAMULEMBA

Foto: HÉLDER DIAS

Equipada com meios modernos para o armazenamento, comercialização de sementes e fertilizantes, a estação comporta dois laboratórios, móvel e fixo, para análise dos solos, duas residências para os técnicos, salas de conferência, escritórios, biblioteca e um armazém frigorífico para a conservação de produtos agrícolas, com capacidade para 24 mil toneladas.

O projecto, uma iniciativa do Ministério da Agricultura, dispõe igualmente de uma área agrícola de 30 hectares, destinada às aulas práticas para os agricultores.

De acordo o seu responsável, Carlos Júlio, a infra-estrutura erguida numa área de três mil metros quadrados, através de uma linha de crédito da Espanha, está subaproveitada e os equipamentos vão-se deteriorando.

Disse ser o único técnico e para o funcionamento normal da estação são necessários seis.

Foi projectada para prestar assistência técnica a 690 mil e 930 camponeses da província, subdivididos em 43 associações e 106 cooperativas agropecuárias.

A propósito, o director do Gabinete Provincial da Agricultura, Pescas e Desenvolvimento, Francisco Lubamba, disse que a situação já está a ser resolvida num esforço conjunto com o ministério de tutela, prevendo-se a formação de no mínimo cinco técnicos.

O município do Capenda Camulemba com mais de 60 mil habitantes, tem diversidade de culturas, com maior realce para a mandioca, milho, batata-doce, tomate e hortícolas, que têm sido produzidos sem conhecimento da qualidade dos solos.

Leia também
  • 18/07/2019 14:41:35

    Pérola do Kikuxi aposta no aumento da produção de ovos

    Luanda - A fazenda Pérola do Kikuxi, do grupo empresarial Diside vai investir, em breve, na instalação de três novos pavilhões, com uma capacidade para 130 mil aves, com vista a aumentar a produção de ovos, anunciou hoje a sua administradora, Elisabeth Dias dos Santos.

  • 15/07/2019 15:42:47

    Feira da Batata e do Milho conta com mais de 100 expositores

    Cuito - Cento e 72 expositores nacionais já estão inscritos para participarem na Feira da Batata-Rena e do Milho, que o município do Chinguar, 75 quilómetros a Oeste do Cuito (Bié), vai acolher, de 08 a 11 de Agosto, numa iniciativa do Ministério da Agricultura e Florestas.

  • 12/07/2019 09:55:17

    Agrikuvango inicia produção de farinha de milho

    Lubango - O projecto agroindustrial "Agrikuvango", implantado numa área de cinco mil hectares, no município do Cuvango, província da Huíla, começa já a partir de Agosto próximo o processo de transformação do milho em farinha, numa estimativa de 15 a 20 toneladas por dia, para o consumo no mercado interno.