Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

27 Setembro de 2019 | 20h15 - Actualizado em 27 Setembro de 2019 | 20h15

Vandalizada rede de vedação do aeroporto do Soyo

Soyo - Pelo menos mil e quinhentos metros da rede de vedação do perímetro do aeroporto "Comandante Ndozi", na cidade do Soyo, província do Zaire, foram vandalizados há dias por elementos desconhecidos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Zaire: Aeroporto do Soyo

Foto: Rosário dos Santos

Em declarações nesta sexta-feira, à Angop, o director local da  Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea (ENANA-EP), José Mame, disse que, com esta acção, a pista do aeroporto ficou vulnerável à invasão de pessoas e animais domésticos, facto que periga a segurança na operação das aeronaves.

Lembrou o incidente ocorrido no ano passado, quando uma aeronave de pequeno porte embateu contra um cabrito a 700 metros da cabeceira da pista, sem contudo causar vítimas humanas.

Segundo disse, apesar das reparações e correcções efectuadas para garantir a segurança aeroportuária, ainda assiste-se a destruição da cerca da pista, situação que o responsável espera levar ao conhecimento das autoridades governamentais da província para uma possível solução.

Enquanto isso, a fonte avançou que trabalha-se para o reforço da fiscalização do perímetro aeroportuário, de modo a se deter os responsáveis desta acção maléfica.

Informou que dois agentes da Polícia Nacional guarnecem a zona do aeroporto, número que considerou exíguo, dada a dimensão da infraestrutura que detém uma pista de dois mil e 90 metros de comprimento e 53 metros de largura.

Três incidentes, sem registo de vítimas humanas, ocorreram já na pista deste aeroporto. O primeiro tratou-se de um despiste de um avião ligeiro do tipo PA-31 da empresa privada Mavewa, em Julho de 2016. O segundo envolveu uma aeronave Boeing 737-700 das Linhas Aéreas de Angola (TAAG), em Abril de 2017.

O terceiro incidente caracterizou-se pelo embate de uma aeronave do tipo B-1900 da companhia Sonair contra um animal doméstico no momento de aterragem, em Setembro de 2018.

 

Leia também
  • 26/09/2019 18:03:37

    Comércio interdita exportação dos produtos da cesta básica

    Mbanza Kongo - O ministro do Comércio, Joffre Van-Dúnem Júnior, anunciou hoje, quinta-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, a interdição temporária da exportação dos produtos da cesta básica, de modo a fazer face à escassez e travar a subida dos preços de venda destes no mercado interno.

  • 24/09/2019 10:57:04

    Ministra pede criatividade aos operadores do turismo

    Mbanza Kongo - A ministra do Turismo, Ângela Bragança, pediu nesta terça-feira aos operadores do sector turístico da província do Zaire que sejam mais audazes na criação de produtos turísticos, com vista a atrair e despertar o interesse de turistas.

  • 24/09/2019 05:52:10

    Zaire: Mapa e guia turístico de Mbanza Kongo já nas bancas

    Mbanza Kongo - A ministra do Turismo, Ângela Bragança, procedeu, segunda-feira, na província do Zaire, o lançamento do roteiro, mapa e guia turísticos de Mbanza Kongo, no quadro das festividades do "27 de Setembro", Dia Mundial do Turismo.