Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

05 Março de 2020 | 21h11 - Actualizado em 05 Março de 2020 | 21h11

Dificuldades de acesso condiciona desenvolvimento do turismo em Malanje

Malanje - As dificuldades de acesso, aliada a falta de investimentos privados, por conta da degradação das vias de acesso, estão a condicionar o desenvolvimento e exploração de vários pontos turísticos da província de Malnje, como o habitat da Palanca Negra Gigante, no município de Cangandala.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A apreciação foi feita hoje (quinta-feira) à Angop pelo director do Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos, Fernandes Cristóvão, no termo da visita de técnicos dos Ministérios do Turismo, Ambiente e Ordenamento do Território efectuada ao "Santuário da Palanca Negra Gigante" e aos "Rápidos do Rio Cuanza", ambos pontos de atracção localizados em Cangandala.

Por esse facto, realçou, existe a problemática do acesso acrescida na necessidade de buscas de soluções para massificar o turismo, tendo em conta os inúmeros encantos que a província detém, mas que se encontram "inacessíveis" devido a degradação de várias vias.

Destacou que em alguns casos correm-se riscos para chegar ao destino, como por exemplo fazer a travessia, de canoa sobre o rio Cuanza, para atingir a Ilha Ngola Kiluanje Kiassamba, igualmente no município de Cangandala.

Realçou que essa situação dificulta também a catalogação e recolha de dados necessários para a elaboração dos mapas, roteiros e guias turísticos da província, daí a necessidade de se remeter a preocupação a nível central no sentido de se encontrar soluções imediatas.

A missão conjunta dos técnicos do Ministério do Turismo, iniciou terça-feira  e visa proceder o levantamento dos principais pontos turísticos de Malanje, a serem inseridos nos mapas e roteiros turísticos do país.

A jornada termina sexta-feira com visitas as Pedras Negras de Pungo-Andongo e outros pontos, como a Companhia de Bio-combustíveis Biocom e a barragem de Laúca, no município de Cacuso, depois da comitiva ter passado por Mucari, Cambundi-Catembo e Cangandala, onde para além dos pontos turísticos foram identificados locais de acomodação para os visitantes.

Para além dos acima mencionados, Malanje detém vários pontos turísticos, com destaque para as Quedas de Calandula, Musseleje, Mbango-Anzenza, Bens Casados, Túmulo do Rei Ngola Kiluanje e o  Parque Nacional de Cangandala.

Leia também
  • 05/03/2020 19:24:41

    Laúca atinge produção de dois mil e 70 megawatts em Outubro

    Laúca/Malanje- O Aproveitamento Hidro-eléctrico de Laúca vai atingir, até Outubro deste ano, a sua capacidade máxima de dois mil e 70 megawatts de produção, com a entrada em funcionamento da sexta unidade de produção (334 MW) e da central ecológica (66.5 MW).

  • 05/03/2020 18:12:15

    Angola e ONU assinam Acordo de Parceria

    Luanda - Angola e as Nações Unidas assinam, nesta sexta-feira, um acordo "Quadro de Parceria" para o período 2020/2022, que incidirá sobre várias áreas da vida económica, social e política.

  • 05/03/2020 17:20:36

    Ministra destaca importância do PROPRIV

    Luanda - O Programa de Privatizações (PROPRIV) deverá jogar papel decisivo na dinamização do mercado de acções em Angola, para que este represente, de facto, o tecido empresarial nacional, destacou nesta quinta-feira, em Luanda, a ministra das Finanças, Vera Daves.