Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

01 Abril de 2020 | 11h34 - Actualizado em 01 Abril de 2020 | 11h33

População denuncia especulação de preços de produtos da cesta básica

Saurimo - A população da cidade de Saurimo (Lunda Sul) denunciou hoje, quarta-feira, a existência de comerciantes que insistem em especular os preços dos produtos da cesta básica, apesar das medidas das autoridades de desencorajar tais práticas.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Numa ronda efectuada pela ANGOP, vários munícipes afirmaram que o quarto dia de obediência do Decreto Presidencial, sobre o Estado de Emergência, os preços dispararam vertiginosamente.

Ana Maria, funcionária pública, disse que os preços dos produtos básicos em alguns estabelecimentos comerciais subiram e que já fez denúncias ao Instituto Nacional da Defesa do Consumidor (INADEC) na Lunda Sul, para regularizar a situação.

Explicou que a título de exemplo, o saco de arroz de 25 quilogramas que anteriormente estava a ser comercializado a 11.500 Kwanzas, hoje, o mesmo está a custar 14 mil, a caixa de massa alimentar subiu de quatro mil para cinco mil e quinhentos mil Kwanzas, entre outros produtos.

João Catoio (munícipe) corrobora com a mesma opinião e sugeriu que as equipes de fiscalização permaneçam nos armazéns, para desencorajar a especulação de preços.

O chefe do departamento do INADEC na Lunda Sul, Domingos Mutelembe, confirmou a existência de lojas a excederem preços e garantiu que diligências estão a ser feitas para multar tais infractores.

Apelou a população a manter-se calma e a continuar com as denúncias as autoridades, para que se reponha a legalidade.

De lembrar que na cidade de Saurimo já foi encerrado um armazém pelo INADEC por especulação de preços e más condições da infra-estrutura.

Leia também
  • 27/03/2020 22:50:11

    BNA com reservas para importar bens durante oito meses

    Luanda - O stock das Reservas Internacionais Brutas do Banco Nacional de Angola (BNA) situou-se, em Fevereiro deste ano, em USD 16,39 mil milhões, equivalente a um grau de cobertura de importações de bens e serviços de oito meses.

  • 26/03/2020 18:03:24

    Governo da Lunda Sul e Catoca assinam protocolo de cooperação

    Saurimo - Um protocolo geral de cooperação entre o Governo da Lunda Sul e a Sociedade Mineira de Catoca, para criação de acções e programas de desenvolvimento, foi formalizado esta quinta-feira, em Saurimo.

  • 24/03/2020 17:49:14

    Inadec encerra armazém por especulação de preços

    Saurimo - Um armazém de venda de produtos diversos, pertença de um cidadão chinês, foi encerrado hoje, terça-feira, em Saurimo, província da Lunda Sul, pelo Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (Inadec), por alegada especulação de preços.