Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

13 Julho de 2020 | 11h57 - Actualizado em 13 Julho de 2020 | 11h56

Criadores nacionais apostam em técnicas de multiplicação genética

Caála - Os criadores nacionais têm apostado, cada vez mais, em técnicas de multiplicação genética animal desenvolvidas pelo Centro da comuna da Calenga, no município da Caála (Huambo), de acordo com o seu responsável, Alcino Manuel Nunda Sayengue.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em entrevista à ANGOP, o responsável disse que, só nos últimos seis meses e apesar da situação económica agudizada pela pandemia da Covid-19, o Centro de Multiplicação Genético, criado em 2007, fez a inseminação de 45 cabeças de gado bovino.  

De acordo com o director da instituição, momentos depois de ter concluindo com o trabalho de inseminação de sete vacas das raças brahman, de origem sul-africana, e bonsmara, de proveniência americana, isso contribui para estimular a produção da carne e do leite, tendo em conta os desafios do reforço da segurança alimentar no país.

Sem querer avançar números gerais, Alcino Manuel Nunda Sayengue fez referência ao facto de terem já trabalhado com criadores na sede do município do Huambo, e nas suas comunas da Calima e Chipipa, tal como nas municipalidades da Caála, Chicala-Choloanga e Londuimbali, nesta última concretamente no sector do Luvili.

Apesar disso, referiu que o trabalho não se circunscreve apenas à província do Huambo e a apontou como exemplo trabalhos feitos já com criadores do Cunene.

Esclareceu que a inseminação consiste na deposição do sémen no órgão genital da vaca, depois de um processo de avaliação veterinário, consubstanciado no estado ginecológico, nutricional e da sanidade animal.

Disse que os níveis reprodutivos do gado bovino inserido no processo de inseminação artificial permitem reduzir o ciclo de gestação animal, situação que habilita uma criação mais padronizada do rebanho e eficiente da raça animal.

Nesta altura, explicou, foram seleccionadas 15 fêmeas no município da Caála e outras 30 disponibilizadas pelas autoridades do Bailundo, com objectivo de repovoar, a curto e médio prazos, o rebanho local, tendo em conta a necessidade da produção da carne e do leite.

Referiu que o processo de inseminação artificial visa igualmente incentivar os projectos do ramo pecuário na região, com o melhoramento da raça bovina nativa (sanga) e, posteriormente, multiplicá-la para fazer face aos desafios da redução das importações da carne.

O responsável disse ser este um centro de referência na região e no país, de forma geral, dispondo de uma fábrica de nitrogénio líquido favorável para a conservação de sémen e embriões para efeitos reprodutivo, com uma capacidade de produzir 200 litros por semana, a uma temperatura de 196 graus negativos, cujo sistema de manufacturação resulta de uma composição química do ar natural e hélio.

Com o nitrogénio líquido, explicou, o conjunto de sémen ou embrião pode ser armazenado num período temporal avaliado em cinco mil anos.

A instituição possui 12 técnicos de veterinária e pretende expandir-se, cada vez mais, a sua actividade a outras regiões do país, para elevar o nível de sanidade pecuária e promover o desenvolvimento económico-social sustentável.

Nesta perspectiva, Alcino Manuel Nunda Sayengue informou que o Centro foi contacto por criadores do município do Porto Amboim, na província do Cuanza Sul, para inseminar 100 cabeças de gado bovino, para o repovoamento do rebanho.  

A instituição está equipada com tecnologia de ponta que acelera o fomento pecuário, com o funcionamento de dois programas, um baseado na transferência de embrião e um outro de inseminação artificial.

Na comuna da Calenga, 33 quilómetros da cidade do Huambo, está igualmente prevista a instalação dos centros de produção de sémen, embriões e um outro de micropropagação de plantas para o pasto, bem como para o consumo humano, no sentido de se promover o desenvolvimento da província do Huambo.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 10/07/2020 11:31:18

    IDF investe no aumento da produção de mel

    Huambo - O Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF) na província do Huambo prevê, este ano, o aumento dos níveis de produção do mel, de 500 toneladas, para mais de 600, tendo em conta os investimentos feitos nesta área.

  • 08/07/2020 13:51:31

    BUE constitui mais de 700 empresas no Bailundo

    Bailundo - O Balcão Único do Empreendedor (BUE) no município do Bailundo (Huambo) constituiu mais de 700 empresas de diversos ramos da actividade comercial, entre Junho de 2019 à presente data, com a entrada em vigor do processo de simplificação dos serviços.

  • 08/07/2020 11:13:36

    Autoridades do Bailundo prevêem vacinar 185 mil animais

    Bailundo - As autoridades do município do Bailundo (Huambo) prevêem vacinar, nos próximos dez dias, um efectivo de 185 mil animais, para preveni-los de diversas doenças, algumas das quais com transmissão directa aos humanos.