Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Internacional

23 Agosto de 2019 | 13h07 - Actualizado em 23 Agosto de 2019 | 13h35

Maduro ordena construção de novo satélite de telecomunicações

Caracas - O presidente Nicolás Maduro anunciou hoje que a Venezuela vai ter um novo satélite de telecomunicações, que vão ser feitos investimentos para activar as redes 4G e 5G, nas operadoras estatais e para levar fibra óptica aos venezuelanos, noticiou a Lusa.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Nicolas Maduro, Presidente da Venezuela (arquivo)

Foto: Google/Divulgação

"Ordeno à ministra de Ciência e Tecnologia (Gabriela Jiménez Ramírez) e ao presidente da Corporação Socialista de Telecomunicações e Serviços Postais (Jorge Márquez) a construção de um segundo satélite de telecomunicações Guaicaipuro e a implantação maciça de toda a infra-estrutura 4G e 5G", disse.

Nicolás Maduro falava durante uma jornada de trabalho com representantes do sector industrial do país, transmitido em directo e de maneira obrigatória pelas rádios e televisões do país.

O presidente da Venezuela anunciou ainda que aprovou o "plano fibra óptica" para levar Internet de alta velocidade aos venezuelanos, a começar pelos estados de Zúlia, Miranda e o Distrito Capital.

A implementação das redes de fibra óptica, 4G e 5G, vai ser executada pelas empresas estatais CANTV (telecomunicações fixas) e Movilnet (telecomunicações móveis), que vão ser alvo de "um processo de investimento, recuperação e melhoria do serviço" que prestam.

São cada vez mais frequentes as falhas na Internet, com a imprensa venezuelana a denunciar que, apesar de ter importantes recursos petrolíferos, a Venezuela tem uma das redes mais lentas da América Latina.

A Venezuela tem actualmente três satélites em órbita.

O primeiro satélite venezuelano a ser lançado ao espaço foi o Simón Bolívar, também chamado de Venesat, em 2008, para facilitar as telecomunicações, o acesso e transmissão de dados e de televisão.

O segundo satélite, chamado de Miranda, também conhecido como VRSS-1, foi lançado ao espaço em 2012, com fins geográficos, para captar imagens de alta resolução do território venezuelano.

A Venezuela possui também o satélite António José de Sucre, também chamado de VRSS-2, e foi lançado em Outubro de 2017, com os mesmos fins que o Miranda.

Assuntos Telecomunicações   Venezuela  

Leia também
  • 21/08/2019 16:24:38

    Apagão afecta Caracas e 11 estados da Venezuela

    Caracas - Um apagão deixou hoje a cidade de Caracas e outros 11 Estados do país parcialmente às escuras, noticiou a Lusa. O apagão, segundo as rádios locais e internautas, afectou o Distrito Capital, Miranda, Zúlia, Yaracuy, Guárico, Barinas, Trujillo, Vargas, Portuguesa, Monagas, Falcón e Lara.

  • 21/08/2019 08:59:34

    Maduro confirma contactos ao mais alto nível com Governo dos EUA

    Caracas - O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, confirmou hoje que os membros do seu Governo mantêm contactos de alto nível com funcionários da administração norte-americana de Donald Trump, noticiou a Lusa.

  • 15/08/2019 11:10:55

    Delegação da Noruega tenta restabelecer diálogo na Venezuela

    Caracas - Uma delegação da Noruega chegou nesta quarta-feira a Caracas para tentar restabelecer o diálogo entre o Governo do Presidente Nicolás Maduro e a oposição, que foi suspenso depois de os EUA bloquearem os activos do Governo venezuelano em território norte-americano, noticiou hoje a Lusa.