Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

06 Junho de 2019 | 16h04 - Actualizado em 06 Junho de 2019 | 16h03

Associação de teatro defende profissionalização dos grupos

Luanda - O presidente da Associação Angolana de Teatro (AAT), Adelino Caracol, apontou hoje, quinta-feira, em Luanda, o investimento nos grupos e a construção de novos locais de actuação como factores preponderantes para profissionalização dos grupos em Angola.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Actores de teatro (Arquivo)

Foto: José Honório

Adelino Caracol, em declarações à Angop, lamentou o facto de  não existirem no país grupos profissionais, ou pessoas que vivam as custas  do teatro, apesar de existirem alguns artistas que “sobrevivem” desta arte.

No entanto, o actor reconheceu que o investimento nos grupos e a construção de novos locais de actuação não são os únicos factores para que os grupos se tornem profissionais, mas deve passar também pela maturação dos artistas e que o governo coloque a cultura nas suas prioridades.   

"É importante que o governo admita que a cultura é prioridade para a identificação e a salvaguarda de um povo, devendo constar nas prioridades da governação", referiu     

O presidente da AAT reconhece  que o preço dos bilhetes das peças exibidas não é suficiente para manter os grupos, e apelou aos fazedores de teatro que criem cada vez mais peças atractivas, para chamar investidores e mecanismos para o aumento da venda de outros produtos ligados ao teatro.   

O responsável cultural relembra que o teatro proporciona emprego, ajuda os jovens a criarem ideias novas, para além de manter os mesmos ocupados, longe de comportamentos desviantes que prejudicam a sociedade.

Criada em 2006, Associação Angolana de Teatro (AAT) tem membros inscritos em todo país, e conta com mais de 450 grupos.

Assuntos Província » Luanda   Teatro  

Leia também
  • 24/03/2019 09:32:07

    Huíla: Falta de salas leva desistência de grupos teatrais

    Lubango - O presidente da associação provincial de teatro da Huíla, Osvaldo de Almeida, declarou hoje, domingo, que a falta de salas para actividades culturais tem provocado conflitos entre artistas na ocupação do único espaço localizado no pátio da Cultura, levando à desistências de alguns grupos.

  • 16/03/2019 02:06:05

    "Quatidiano San" é o novo livro de Salvador Ferreira

    Luanda- O livro intitulado "Quatidiano San" é a mais recente obra do docente angolano Salvador Ferreira, colocado à disposição dos leitores, esta sexta-feira, em sessão de venda e assinatura de autógrafos.

  • 03/03/2019 14:03:27

    Encontrado corpo de adolescente vítima de afogamento

    Luanda - O corpo do adolescente, de 14 anos de idade, vítima de afogamento, na praia Branca, arredores da Nova Marginal, distrito urbano da Ingombota, em Luanda, foi encontrado por mergulhares do Projecto Praias Seguras de Angola (PSA), afecto ao Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB).