Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

17 Setembro de 2019 | 02h48 - Actualizado em 17 Setembro de 2019 | 15h17

Diversidade rítmica marca FestiSumbe 2019

Sumbe - Do semba ao kizomba, passando pela música gospel, kuduro, kilapanga, marcaram a segunda e última noite do Festival Internacional de Música do Sumbe (FestiSumbe), que teve como palco à Marginal do Sumbe.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Fest-Sumbe

Foto: Henri Celso

Fest-Sumbe

Foto: Henri Celso

Apesar do chuvisco que se fez sentir no princípio e no fim do espectáculo, as centenas de espectadores que se fizeram presentes na Nova Marginal deram a jornada com bem passada, pois vivenciaram bons momentos ao lado de algumas das principais referências da música angolana da nova e velha geração.

Constituída, maioritariamente por jovens e adolescentes,  o público presente aguentou quase  cinco horas para começar a ver o desfile das estrelas da noite, num cardápio onde se destacou a duplo YoBass, Vui Vui, Sandocam, Pérola, Calabeto, Nagrelha, Yannick Afromam, Big Nelo, Ary, Puto Português, Kyaku Kyadaff, Cage One, Cláudio Fenix, , Lil Saint, , Biura, Gabeladas.

Sem se importarem com chuva miudinha e com os apertos, pois o local mostrou-se completamente pequeno para tamanha moldura humana, os fãs das estrelas convidadas pela organização para dar cor, alegria e animação nas festividades da província do Cuanza Sul, aproveitarem, cada um à sua maneira, para registar o retorno do FestiSumbe e a passagem dos músicos na urbe.

Mostrando-se conhecedores do guião musical preparado pelos artistas da noite, os espectadores tiveram, também, os seus momentos, interpretando e ajudando a interpretar todos os temas, uns com mais fervor do que outros, mas sempre num apoio quase que incondicional para com os músicos.

Bem entrosados com os artistas e mostrando satisfação pelo retorno do festival, desaparecido da agenda cultural da urbe por “longos” quatro anos para a requalificação do cenário, os espectadores deram uma verdadeira lição de civismo, acabando a jornada sem casos de maus comportamentos, para a satisfação da organização.

Como que obrigados moralmente a permanecer no local, houve quem esperou mesmo até ao último minuto para regressar ao seu aposento dando como finda uma jornada que trouxe de volta o FestiSumbe, uma satisfação estampada no rosto dos munícipes e dos governantes da província que tudo fizeram para devolver a alegria ao povo.

E como mandam às regras quando se trata de uma festa de aniversário, a parte final da noite/manhã de terça-feira foi colorida com um festival de pirotecnia, acção que concentrou a atenção da população por quase cinco minutos.

Num até breve, a organização do evento, a cargo da LS Republicano promete tudo fazer satisfazer o desejo dos milhares de munícipes do Sumbe e não só, trazendo, em 2020, mais uma vez, a nata da casa e algumas referencias estrangeiras.

Leia também
  • 17/09/2019 07:37:20

    UNESCO aponta Bienal de Luanda como reflexo da paz

    Luanda - A directora-geral da Unesco, Audrey Azoulay, afirmou, nesta terça-feira, que o primeiro Fórum Pan-Africano para a Cultura da Paz reflecte a vivacidade e a intensidade da cooperação entre a União Africana (UA) e a UNESCO na procura e conquista da paz no continente africano.

  • 16/09/2019 01:52:00

    Força Suprema e Yuri da Cunha movimentam Marginal do Sumbe

    Sumbe - O grupo Força Suprema e o músico Yuri da Cunha foram as principais atrações do primeiro dia do Festival Internacional de Música do Sumbe (FestiSumbe 2019), que tem como palco à Marginal do Sumbe, capital do Cuanza Sul.

  • 15/09/2019 16:48:06

    Rede hoteleira do Sumbe esgotada

    Sumbe - Os estabelecimentos hoteleiros da cidade do Sumbe, província do Cuanza Sul, estão sem disponibilidade de quartos para acolher turistas, a poucas horas do início do Festival Internacional de Música do Sumbe (FestiSumbe 2019).