Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

13 Outubro de 2019 | 12h29 - Actualizado em 13 Outubro de 2019 | 12h29

Lobito já tem Orquestra Sinfónica

Lobito - “Muxima”, “Umbi Umbi”, “Mãe Pátria” ou “Yesterday”, do famoso grupo os Beatles, são alguns dos temas da Orquestra Sinfónica "Juveluz", apresentada, este sábado, à sociedade no município do Lobito, após sete anos de formação sobre música clássica.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Momentos de sessão de orquestra

Foto: BRAULIO PEDRO

Iniciativa da Paróquia São José da Igreja Católica no Lobito, a nova banda sinfónica, que integra um total de 125 elementos, entre crianças, adolescentes e adultos, dos sete aos 30 anos, tem como inspiração a Orquestra do Kapossoka de Luanda e leva o público numa viagem por obras musicais clássicas de vários pontos do mundo.

Falando durante a cerimónia de apresentação do grupo, o padre José Mombo, mentor do projecto, contou que a ideia surgiu da caridade da Igreja Católica face à necessidade de transformar a vida de algumas crianças de rua, ocupando-as através da música clássica.

O prelado explica que os meninos de rua acolhidos neste projecto pela Paróquia São José passam a ter a oportunidade de aprender a execução da música clássica utilizando instrumentos como violino, violoncelo, viola, contra-baixo acústico, flauta, órgão e bateria.

Com 18 músicas no seu reportório de grande versatilidade, a Orquestra Sinfónica Juveluz interpreta, ainda, algumas canções nacionais conhecidas como “Muxima”, “Umbi Umbi”, “Mãe Pátria” e internacionais como “Yesterday” dos Beatles, da Inglaterra, e “My Heart Will Go On”, de Céline Dion.

Luciano Sacutala, maestro da orquestra, referiu que, além de eventos religiosos, a Juveluz tem sido convidada para actuar em espaços públicos, como na abertura do ano lectivo na província de Benguela ou nas actividades do governo provincial e Academia do Exército no Lobito.

“Uma das actuações mais marcantes da orquestra foi durante a recepção ao Presidente português Marcelo Rebelo de Sousa, durante a sua visita a Benguela, a 7 de Março deste ano”,  lembrou o jovem.

Djamila Gomes, 17 anos, toca contra-baixo acústico e revela que sonha estar nos mais prestigiados palcos do país para mostrar o seu trabalho como exemplo para mudar a vida dos jovens que enveredam por maus caminhos.

Em termos de apoios, a Orquestra Sinfónica do Lobito conta com a sua congénere Kapossoka, que em Maio de 2018 deu uma formação intensiva de três semanas, e com a Academia Militar do Exército que ofereceu o uniforme para os seus integrantes.

A cerimónia de apresentação da Orquestra Sinfónica Juveluz, presenciada pelo administrador municipal do Lobito, Nelson da Conceição, religiosos e autoridades tradicionais, foi prestigiada pelos integrantes das selecções de futebol adaptado de Angola, Nigéria, Libéria, Tanzânia, Camarões e Serra Leoa, que participaram no campeonato africano de futebol com muletas, realizado em Benguela.

São objectivos da Orquestra Sinfónica Juveluz contribuir para a ocupação dos tempos livres das crianças, adolescentes e jovens, afastando-os da delinquência, drogas e alcoolismo, e fomentar o gosto pela música clássica entre o público da província de Benguela.

Leia também
  • 06/10/2019 19:01:52

    Colectivo de Artes Ombaka apresenta obra "Procura-se boa pessoa para casar"

    Benguela - A peça teatral "Procura-se boa pessoa para casar", escrita pelo escritor e dramaturgo angolano Áureo Quicunga, vai ser exibida neste domingo, nesta cidade, no quadro do trabalho de moralização social em curso no país, informou, à Angop, o porta-voz do grupo teatral, Esteves Quina.

  • 01/10/2019 09:14:39

    Sem concertos, músicos do Lobito vivem tempos difíceis

    Lobito - A falta de shows na cidade do Lobito, província de Benguela, está a deixar agastados os músicos desta região, que têm enfrentado muitas dificuldades porque não há mais patrocinadores de eventos, apurou hoje, a Angop.

  • 13/09/2019 21:56:08

    Igreja Tocoísta expande acções para outros países africanos

    Lobito - O líder da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo, bispo Dom Afonso Nunes, reafirmou, esta sexta-feira, no Lobito, em Benguela, o plano da sua denominação religiosa de expandir a missão de Evangelização para outros países, tanto africanos como de outros continentes.