Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

16 Outubro de 2019 | 21h38 - Actualizado em 16 Outubro de 2019 | 21h50

Ministra aborda internacionalização com agentes culturais

Luanda - As acções para a internacionalização da cultura angolana e a afirmação da marca Angola além-fronteiras esteve, nesta quarta-feira, em evidência, durante uma audiência que a ministra da Cultura, Maria da Piedade de Jesus, concedeu ao músico Yuri da Cunha.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministra da Cultura, Maria da Piedade de Jesus (arquivo)

Foto: Cedida

Acompanhada pelo secretário de Estado da Cultura, Aguinaldo Cristóvão, pelo chefe de departamento da Direcção Nacional da Cultura, Pedro Chissanga, e pela consultora Josina de Carvalho, a ministra reforçou a necessidade de um alinhamento entre os agentes culturais para elevar o nome no exterior do país e afirmar a identidade e a história de Angola.

Durante a audiência, presenciada também pelo produtor Ruca Fançony e pelo responsável do projecto Batoto Yetu, Júlio Leitão, a titular da pasta da Cultura apontou os criadores como os principais actores da promoção da imagem de Angola no exterior.

Maria da Piedade de Jesus reiterou a abertura para o diálogo entre o Sector e os criadores e garantiu o apoio institucional a todos os projectos sustentáveis que possam dinamizar o sector cultural.

Yuri da Cunha e Ruca Fançony aproveitaram a ocasião para apresentar à ministra algumas inquietações relacionadas com o trabalho que desenvolvem no país e no estrangeiro, os direitos de autor e conexos e o financiamento a projectos culturais.

O músico reiterou o seu compromisso de defesa da música angolana, com realce para o Semba, tendo concordado com a necessidade de um trabalho conjunto, como forma de valorizar a cultura angolana.

O secretário de Estado da Cultura, Aguinaldo Cristóvão, esclareceu as políticas públicas em curso ao nível do sector para a melhoria da divulgação da cultura Angolana e da implementação da lei do Mecenato e dos Direitos de autor e conexos.

Já o produtor Júlio Leitão apresentou o projecto do grupo Batoto Yetu desenvolvido nos Estados Unidas da América, país onde reside há mais de 34 anos.

O produtor anunciou que está a preparar uma programação de eventos destinada a promover artistas angolanos nos Estados Unidos da América, tais como o músico Yuri da Cunha.

No final da audiência, a ministra da Cultura lançou o desafio para que os produtores apresentassem e desenvolvessem projectos para 2020 no quadro do FENACULT, os quais serão acompanhados pelo ministério e suportados por parceiros.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 18/10/2019 07:25:27

    Dezoito candidatas concorrem ao Miss Angola 2019

    Luanda - Dezoito candidatas disputam, neste sábado, o título de Miss Angola 2019, durante uma gala a ter lugar no Centro de Convenções de Talatona, em Luanda.

  • 15/10/2019 10:34:30

    Músicos angolanos no AFRIMA2019

    Luanda - Os músicos Anselmo Ralph, Matias Damásio, C4 Pedro, Ana Joyce, Biura, Braúlio Alexandre, Bruna Tatiana e Preto Show fazem parte dos indicados para os prémios do Africa Music Awards (AFRIMA2019).

  • 15/10/2019 09:47:24

    Hildebrando de Melo expõe na Galeria da Livraria Sá da Costa

    Luanda - O artista plástico angolano Hildebrando de Melo expõe, entre 18 deste mês a 9 de Novembro, na galeria da Livraria Sá da Costa, no Chiado (Portugal).