Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

06 Maio de 2004 | 15h59

Embaixador desmente treinamento de grupos de traficantes por angolanos no Brasil

Luanda

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Luanda, 07/05 - O embaixador de Angola no Brasil, Alberto Correia Neto,desmentiu em Luanda, a participação de cidadãos angolanos, como mandantes, nasredes de traficantes de drogas nas favelas do Rio de Janeiro.

Em declarações à Rádio Nacional de Angola, considerou falsas informações, segundo as quais ex-guerrilheiros angolanos têm participado no treinamento de elementos ligadosao tráfico de droga, nas favelas do Rio de Janeiro, usando inclusive armas idas de Angola. #

O diplomata argumentou, a propósito, que 90 à 95 por cento dos angolanos, actualmentea residirem no Brasil, não participaram da guerra, pelo contrário, fugiram dela, o que atesta"não terem experiência para treinar grupos de traficantes".

Revelando que há algum tempo a TV Globo reportara a compra de minas à Bélgica, pelo exército brasileiro, concluiu-se serem infundadas as conotações de que os artefactoseventualmente usados pelos gang`s tenham saído de Angola.

Depois de admitir a possibilidade de envolvimento de cidadãos nacionais de baixa renda nas redes de traficantes, revelou que estes não pertence ao escalão de chefia, ao ponto deafrontar a polícia. "Não há um caso se quer, mostrado pela polícia, de que este ou aquele angolano foi apanhado com armas", pontualizou.