Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

08 Dezembro de 2019 | 18h37 - Actualizado em 08 Dezembro de 2019 | 18h37

Moçambique felicita Angola pela eleição na ACP

Luanda - O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, apontou a eleição do embaixador Georges Rebelo Pinto Chikoti para o cargo de Secretário-geral do grupo África, Caraíbas e Pacífico (ACP) como um marco da diplomacia angolana.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Georges Chikoti eleito Secretário-geral do ACP

Foto: Alberto Juliao

Numa mensagem publicada na sua página no facebook, o Chefe de Estado de Moçambique diz ter acompanhado, com satisfação, a notícia da eleição de Georges Rebelo Chikoti, em Nairobi.

“Quero felicitar, em nome do povo moçambicano, do meu governo e no meu próprio, ao povo angolano por este marco na diplomacia angolana”, lê-se no post.

Georges Chikoti foi eleito sábado, em Nairobi, secretário-geral do grupo África, Caraíbas e Pacífico (ACP), derrotando os candidatos do Malawi, Brave Rona Ndisale, e do Zimbabwe, Chifamba Tadeus Tafirenyika.

A eleição do candidato angolano ocorreu durante a Sessão do Conselho de Ministros do ACP, aberta pelo vice-presidente queniano, Willian Rotu.

Georges Rebelo Pinto Chikoti, primeiro angolano a ocupar um cargo de destaque na ACP, substitui Patrick Gomes que recebeu inúmeras felicitações dos delegados.

Natural de Dondi, província do Huambo, nasceu a 6 de Junho de 1955.

Georges Chikoti é mestre em Geografia Económica e licenciado em Relações Internacionais pela Universidade de Ottawa, Canadá.

Georges Chikoti, que fala fluentemente inglês, francês, português, umbundo e bemba, já trabalhou no Banco Imperial do Canadá, em Toronto, e foi consultor da Agência Canadiana de Desenvolvimento Internacional (CIDA).

Em Angola foi vice-ministro das Relações, em 2010 ascendeu a ministro das Relações Exteriores, cargo que exerceu até 2017.

Em 2018, foi nomeado embaixador de Angola na União Europeia, no Reino da Bélgica e em Luxemburgo.

Bom negociador, de 1999 a 2000, chefiou a delegação angolana em diferentes sessões da Comissão Consultiva Bilateral EUA-Angola, em Luanda e Washington.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 09/12/2019 17:25:56

    Secretário-geral do MPLA aborda cooperação com Cuba

    Luanda - O secretário-geral do MPLA, Paulo Pombolo, abordou nesta segunda-feira, em Luanda, os laços de amizade e cooperação existentes entre Angola e Cuba, durante uma audiência a mais alta representante da organização das mulheres daquele país das Caraíbas, Teresa Amarelle Boué.

  • 09/12/2019 12:43:41

    Exército quer adequação dos mecanismos de segurança

    Luanda - O comandante do Exército, Gouveia de Sá Miranda, reconheceu hoje, segunda-feira, em Luanda, a necessidade de os Estados criarem mecanismos de segurança adequados, a fim de fazer face ao espectro de instabilidade que o mundo enfrenta.

  • 08/12/2019 00:09:42

    Síntese das principais notícias

    Luanda - A Agência Angola Press, Angop E.P, incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos: