Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

02 Junho de 2019 | 13h55 - Actualizado em 02 Junho de 2019 | 13h55

Militantes do MPLA devem assumir-se como moralizadores sociais

Malanje - O primeiro secretário provincial do MPLA em Malanje, Norberto dos Santos "Kwata Kanawa" desafiou os militantes da organização a assumirem-se como principais agentes de moralização, visando o combate aos males como a corrupção e a impunidade, que comprometem o progresso do país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Malanje:Primeiro Secretário provincial do MPLA, Norberto Dos Santos "Kwata Kanawa"

Foto: Pedro Parente

 Discursando sábado num acto político de massa em apoio ao VII Congresso Extraordinário do MPLA, a realizar-se no próximo dia 15 deste mês, o político apontou a corrupção, impunidade, o nepotismo e a bajulação como os males que afectam a sociedade e que urge travar, pois têm implicado negativamente no desenvolvimento do país.

Esta tarefa, segundo Kwata Kanawa, é de todos os militantes, pelo que cada um ao seu nível deve contribuir com práticas positivas em prol do bem-estar colectivo.

Por outro lado, o primeiro secretário enfatizou que o contexto de dificuldades sociais e económicas exige dos militantes maior serenidade, ponderação e confiança no trabalho do partido e do seu líder, João Lourenço.

Mostrou-se confiante com a realização do VII Congresso Extraordinário do partido, sublinhando que o mesmo reforçará a unidade e a coesão no seio do MPLA, preparar a organização para os próximos desafios.

O acto contou com a participação de militantes, amigos e simpatizante do MPLA ao nível da província de Malanje.

Leia também