Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

20 Julho de 2019 | 03h58 - Actualizado em 22 Julho de 2019 | 12h57

Politicos no Cazenga debatem estado da Nação

Cazenga- A actual situação sócio-económica e política do país, esteve sexta-feira em debate denominado "estado da Nação", no município de Cazenga , provincia de Luanda, inserido no âmbito dum "Projecto oficina do conhecimento", numa iniciativa de jovens universitários .

Por: simao marcos

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar


 O objectivo do debate visou reflectir sobre os grandes problemas que afligem o país e teve lugar nas instalações da Mediateca "Zé Dú",na qual participaram representações do MPLA,  o Deputado,  Nuno Carnaval, da UNITA Nelito Ekuikui  e da CASA-Ce,Rafael Aguir,Secretário Executivo.

Nas suas intervenções, o Secretário Executivo da Casa-CE, Rafael Aguir, defendeu a partilha de ideias para fazer parte dos padrões culturais e  programas políticos de forma a valorizar o angolano de forma igual, que no seu entender o estado da Nação possa ser racional, calculista e com prosperidade individual.

Para si, cada um  deve ter uma ambição positiva para contribuir numa Nação próspera, conceito  presente na construção  das comunidades etinolinguisticas, religião e projecto comum para se construir uma sociedade .

O político enumerou  duas formas para a construcao de uma Nação, a dimensão jurídica, onde o Estado constroi uma Nação a partir de uma perspectiva cultural ou étnica para o fortalecimento da sociedade e a segunda, convocar a juventude sobre suas necessidade para se consolidar o Estado/Nação.

Já o deputado da Unita,  Nelito Ekuikui, defendeu a concretização de políticas no ponto de vista económico e social para um bom estado de Nação no período actual.

Na óptica, para se construir  uma Angola do amanhã, é necessário o resgate do sentimento de pertença entre todos os filhos da mesma pátria, serem verdadeiros filhos de Angola, lutar para equilibrar o país.

Defendeu ainda o resgate e a solidariedade entre os povos como elemento primordial com vista a se edificar um país assente no amor ao próximo, assim como  cultivar a cultura do perdão.

Para o deputado do MPLA, Nuno Carnaval a  paz é  o bem maior e inalienável que o povo angolano conquistou, e que pode ter e preservar  para a contínua criação da estabilidade  política e caminhar para um processo de paz social.

Reconheceu no entanto,existir ainda muitas dificuldades, mas é de opinião que, as políticas sociais, não são  fenómenos próprios, mas sim, um processo que deve ser caracterizado por medidas, políticas e acções a serem concretizadas de forma faseada.

Segundo o politico, é importante que no ponto de vista das políticas sociais existam dois vectores essênciais para a elevação e melhoria das condições sociais, como a educação e a saúde, um desafio do Executivo desde  o alcance da paz.

Disse existir uma revolução quantitativa destes dois sectores,assentes na construção de várias infra-estruturas e consequentemente a formação de um maior número de estudantes no país.

Para o parlamentar, é necessário que todos tenham consciência colectiva e individual para  se melhorar a qualidade do ensino, apesar das políticas do  Estado para o sector,pois também que cada um onde estiver se empenhe e eleve este pressuposto.

A oficina do conhecimento é um Projecto criado em 2018, por jovens universitários com o objectivo de levar palestras, debates e campanhas de sensibilização nos mercados, escolas e prisões , no intuito de se reflectir sobre a problematica do país.

Leia também
  • 22/07/2019 00:11:26

    Síntese das principais notícias das últimas 24 horas

    Luanda - A Agência Angola Press, Angop E.P, incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos:

  • 20/07/2019 21:08:18

    Malanje: MPLA reitera combate à corrupção

    Malanje, 20/07(Angop)- O primeiro-secretário municipal de Malanje do MPLA, João de Assunção, reiterou hoje (sábado), nesta cidade, a necessidade de participação dos militantes do partido, em particular, e dos cidadãos nacionais, em geral, no combate à corrupção, nepotismo, bajulação e outras práticas que tendem a lesar o funcionamento das instituições e da sociedade.

  • 20/07/2019 15:19:14

    Membros da CASA-CE em Luanda com responsabilidades acrescidas

    Luanda - Os novos desafios que se avizinham, com a realização das eleições autárquicas, previsto para 2020, bem como as gerais, em 2022, exigem dos novos membros da Convergência Ampla de Salvação de Angola-Coligação Eleitoral (CASA-CE) em Luanda maiores responsabilidades, por a capital do país ser a maior praça eleitoral.