Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

31 Agosto de 2019 | 19h26 - Actualizado em 31 Agosto de 2019 | 19h26

MPLA aponta caminhos para vencer eleições autárquicas

Huambo - O reforço da capacidade de governação para reafirmar o compromisso social com os angolanos e, ao mesmo tempo, promover o desenvolvimento sustentável do país, constitui um dos principais caminhos traçados pelo MPLA, para vencer as primeiras eleições autárquicas em Angola, previstas para 2020.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Estas declarações foram proferidas hoje, sábado, pelo deputado Armando Capunda, do círculo eleitoral da província do Huambo, no encontro que manteve com os dirigentes do MPLA, partido no poder em Angola, que serviu para analisar o Pacote Legislativo Autárquico, no quadro da sua preparação.

Realçou que o partido não está a preparar-se apenas para ganhar as autarquias, mas, acima de tudo, apostado no reforço da capacidade de governação e reafirmar o seu comprometimento com o desenvolvimento do país e bem-estar dos angolanos.

Para o efeito, referiu o político, está em curso um conjunto de acções para proporcionar um futuro melhor a todos os angolanos, no âmbito do processo de preparação das primeiras eleições autárquicas.

“O MPLA quer se tornar, através das autarquias, num partido capaz de garantir um futuro melhor e um bem-estar social para os angolanos”, rematou.

O Pacto Legislativo Autárquico é composto por oito propostas das quais, a Lei Orgânica sobre o Funcionamento e Organização das Autarquias Locais e a Lei da Tutela Administrativa, foram já aprovadas durante a 2ª Sessão do Ano Legislativo da IV Legislatura, que encerrou no passado dia 15.

Nas eleições de 23 de Agosto de 2017, o MPLA obteve, na província do Huambo, Planalto Central de Angola, 347 mil e 763 votos, de um total de 621.554 cidadãos que exerceram o direito de voto, que lhe permitiu eleger três deputados: João Baptista Kussumua, Bibiana Nandombua e Armando Capunda.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 30/08/2019 22:14:47

    Defendida atenção especial aos especialistas em engenharia das FAA

    Huambo - As Forças Armadas Angolanas (FAA) recomendaram hoje, sexta-feira, no Huambo, uma especial atenção no processo de selecção de jovens para a comunidade castrense, com realce para a especialidade de engenharia e infra-estruturas.

  • 29/08/2019 19:34:36

    Comarca do Cambiote reforça estratégia sobre direitos humanos

    Huambo - O estabelecimento prisional do Cambiote, arredores da cidade do Huambo, reforçou as estratégias de protecção dos direitos humanos das reclusas, ao capacitar, neste domínio, 33 agentes prisionais do bloco feminino da unidade penitenciária, numa acção formativa realizada em parceira com a Associação Justiça, Paz e Democracia (AJPD).

  • 28/08/2019 12:46:58

    General destaca papel da engenharia militar no apoio às comunidades

    Huambo - O comandante da Região Militar Centro (RMC), tendente-general Dinis Segunda Lucama, destacou hoje, quarta-feira, a importância da engenharia militar na criação de estratégias para o reforço das competências defensivias e ofensivas, bem como na resolução dos problemas sociais, com a construção de infra-estruturas indispensaveis ao desenvolvimento do país.