Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

30 Janeiro de 2020 | 17h20 - Actualizado em 31 Janeiro de 2020 | 07h58

Deputado realça rigor e transparência na gestão do erário

Huambo - O coordenador do Círculo Eleitoral da província do Huambo, Armando Capunda, considerou esta quinta-feira, a necessidade dos gestores públicos serem mais rigorosos e transparentes na gestão do erário, para que as acções tenham repercussão directa na vida do cidadão.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à imprensa, no final de um encontro com os administradores municipais, que visou abordar, entre outros, aspectos ligados ao Orçamento Geral de Estado (OGE), frisou que só com uma gestão transparente da coisa pública se poderá resolver, de forma paulatina, as principais dificuldades que afligem a população.

“Pedimos aos administradores municipais, na qualidade de principais gestores dos vários projectos públicos, rigor na aplicação dos recursos financeiros colocados à disposição e evitar que caiam em bolsos rotos, tendo em conta a necessidade da melhoria da qualidade de vida da população”, salientou.

Por este facto, o deputado Armando Capunda incentivou à cultura de denúncia, por parte da população, fiscalizando todas as acções e projectos das comunidades, começando por questionar as autoridades administrativas da não execução das obras ou a sua paralisação, entre outros factores”, com vista a promoção do bem-estar comum.

Segundo o parlamentar, é importante que os cidadãos fiscalizem as acções dos administradores, que, por sua vez, devem trabalhar com um forte sentido de missão, para que o dinheiro público seja, efectivamente, utilizado para os fins preconizados.

Obras do Centro Cultural retomam este ano

Noutra parte das declarações à imprensa, o deputado Armando Capunda informou que as obras de conclusão do Centro Cultural, iniciadas em 2011 e paralisadas três anos depois (2014), retomam este ano, uma vez que já existe um orçamento para o efeito.

“A conclusão das obras do centro cultural deve necessariamente acontecer, este ano, porque não se admite que uma obra inscrita em três ocasiões no OGE continue paralisada”, considerou o parlamentar, ressaltando a importância dos cidadãos questionarem o porquê da paralisação das obras de certas infra-estruturas.

Armando Capunda referiu que os parlamentares do círculo provincial vão continuar a acompanhar, de forma sistemática, as acções em curso, para que haja um elo entre o Governo e os deputados, que, uma vez eleitos pelo povo, devem prestar-lhe toda informação e defendê-lo perante o Estado.

Avaliado, na altura, em seis milhões de dólares norte-americanos, na composição do empreendimento destacam-se, entre várias infra-estruturas, três cineteatros com mais de 100 lugares, cada um deles, duas salas de conferências, cada uma para mais de 50 pessoas, um espaço para exibições de arte, literatura e música, duas salas para aulas de dança, duas para artes plásticas e artesanato e uma de exposições.

Possui, também, 11 lojas de especialidades artísticas e culturais, um restaurante no seu 2º piso, com vista a parte alta da cidade do Huambo, dois cafés voltados para a parte baixa da urbe, áreas de apoio aos actores e músicos durante as suas exibições em palco e duas salas para aulas de música.

Com uma dotação orçamental para o exercício económico 2020 estimada em 119 mil milhões, 739 milhões, 612 mil e 182 kwanzas, a província do Huambo, na região do Planalto Central de Angola, possui uma população de dois milhões, 519 mil e 309 habitantes, distribuídos em 11 municípios, que perfazem uma extensão territorial de 35.771 quilómetros quadros.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 29/01/2020 19:20:34

    UNITA conta com novas coordenações políticas no Huambo

    Huambo - A direcção provincial da UNITA no Huambo conta, desde esta quarta-feira, com quatro novas coordenações políticas no seu organigrama, com a nomeação e empossamento dos seus responsáveis pelo seu secretário provincial, Alcino Jonas Kuvalela.

  • 28/01/2020 20:13:56

    Polícia alveja moto-taxista na dispersão de "arruaça"

    Huambo - Um moto-taxista, cuja identidade de desconhece, foi alvejado hoje, terça-feira, pela Polícia Nacional na província do Huambo, quando tentava dispersar um grupo de cidadãos acusados de "arruaça" e agressões físicas a um suposto assaltante de motorizada.

  • 25/01/2020 13:01:17

    MPLA reitera importância da formação de quadros

    Huambo - A 1º secretária do MPLA na província do Huambo, Joana Lina, realçou hoje, sábado, a importância da formação política e ideológica dos quadros e militantes da organização partidária, para uma melhor interpretação dos actuais e futuros desafios.