Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

29 Janeiro de 2020 | 19h32 - Actualizado em 31 Janeiro de 2020 | 17h42

INAD desmina mais de dois mil metros quadrados

Cuito - Dois mil e 933 metros quadrados foram desminados de forma mecânica na província do Bié, em um ano, pelo Instituto Nacional de Desminagem (INAD), tendo em vista a livre circulação de pessoas e o alargamento das áreas de cultivo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Sapador da THE HALO TRUST

Foto: Pedro Parente/Arquivo

Segundo o director provincial do INAD, José Virgílio, que prestou a informação à Angop o número representa um aumento de  mil metros quadrados em relação ao ano de 2018.

 

Os trabalhos abrangeram a comuna do Trumba (município do Cuito) e uma zona agrícola na povoação de Cangala, município do Chinguar (Bié).  

Para 2020, o trabalho do INAD no Bié circunscreve-se, entre outros aspectos, na desminagem das reservas fundiárias de Caluapanda, áreas adjacentes à conduta de água e captação de água do Rio Cuquema.

Desminagem em Benguela

Na mesma esteira, em Benguela dois mil e 40 metros quadrados estão a ser desminados na comuna de Culango, município do Lobito, no quadro das actividades do Instituto Provincial de Desminagem.

Na acção estão envolvidos 52 sapadores, afirmou a chefe do Departamento do Instituto Provincial de Desminagem, Florinda Tchinoya.

A acção prevê a desminagem de 160 milhões de metros quadrados (16 mil hectares) nas comunas de Culango e Biopio (Lobito e Catumbela.

Huíla forma técnicos em desminagem

Sessenta técnicos do Instituto Nacional de Desminagem (INAD), na Huíla, concluíram nesta quarta-feira uma formação sobre desminagem humanitária, para operar em áreas minadas na região.

A formação marca o início das actividades operacionais de desminagem na província da Huíla, afirmou o chefe do departamento do INAD na Huíla, Adilson Chicola.

INAD “liberta” mais de 14 milhões de metros quadrados

Pelo menos 14 milhões, 862 mil e 397 metros quadrados foram desminados em 13 anos, na província da Huíla, pelo Instituto Nacional de Desminagem, informou o chefe de departamento, Adilson Chicola.

Beneficiaram deste processo os municípios do Lubango, Cuvango, Caconda, Quipungo, Caluquembe e Cacula.

Em relação ao compromisso que o Governo angolano assumiu em “livrar Angola das minas até 2025”, Adilson Chicola afirmou que ao nível da Huíla está longe desta meta.

Inatalado na província em 2006, o INAD controla 18 campos minados, mas a nível das áreas de Coordenação Provincial de Assistência e Ajuda Humanitária sobre Minas, controlam 36 campos, dos quais 19 são estradas.

Leia também
  • 30/01/2020 18:04:25

    Recrutas da Academia Militar sofreram intoxicação - autópsia

    Lobito - Os candidatos à Academia Militar do Exército (AMEX), Cefas Lucundi e Idalésio Araújo, que morreram no Lobito (Benguela), na sequência das provas de resistência física de acesso à instituição castrense, foram vítimas de uma intoxicação, segundo os resultados preliminares da autópsia.

  • 30/01/2020 11:22:51

    Crimes menos graves podem terminar em multa - PGR

    Lubango - O Procurador Geral da República, Hélder Pitta Grós, admitiu quarta-feira, no Lubango (Huíla), que algumas prisões que envolvem crimes menos graves poderiam ser convertidas em multas ou indemnizações.

  • 30/01/2020 11:16:25

    Hernâni Beira Grande coordena região judicial sul

    Lubango - As províncias do Namibe, Cunene, Cuando Cubango e Huíla contam, desde quarta-feira, com um coordenador judicial regional, que tem como missão conferir celeridade e dinamizar os processos-crimes que ocorrem nessas cinco províncias do sul do país.