Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

08 Fevereiro de 2020 | 21h14 - Actualizado em 08 Fevereiro de 2020 | 21h14

Huíla e Huambo reforçam operações de combate à imigração ilegal

Lubango - As delegações provinciais do Ministério do Interior (Minint) da Huíla e do Huambo vão reforçar as suas acções operativas conjuntas para o combate à imigração ilegal, principalmente nos municípios de Chipindo e da Caála, no âmbito da Operação Transparência.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

exploração ilegal de mineiros (arquivo)

Foto: Henri Celso

Esta informação foi avançada hoje, sábado, à imprensa, na cidade do Lubango, pelo director provincial do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério do Interior da Huíla, Manuel Halaiwa, no final de uma reunião sobre a Operação Transparência.

Manuel Halaiwa disse que o efectivo do Minint vai realizar operações conjuntas nas zonas limítrofes entre as províncias da Huíla e Huambo no sentido de combater a imigração e o garimpo ilegal de ouro.

Estas operações, ressaltou, vão permitir também redobrar a estratégia de controlo e fiscalização nestas zonas, assim como reforçar a troca de informações entre o efectivo do Minint das suas regiões.

Detalhou que a iniciativa tem como foco o combate à imigração ilegal, ao tráfico ilícito de metais preciosos com maior incidência para o ouro, que é explorado ilicitamente nos municípios de Chipindo e Jamba (Huíla), assim como na Caála (Huambo).

Revelou que tem havido movimentações suspeitas de aeronaves de pequeno porte nos referidos municípios, que podem estar ao serviço de garimpeiros ilegais, incluído cidadãos estrangeiros.

Fez saber que o efectivo do Minint tem tido a colaboração da população, através de denúncias de eventuais actos ilícitos de exploração de mineiros, facto que tem contribuído para reprimir tal prática nos municípios do Chipindo e Jamba, respectivamente.

O encontro foi orientado pelo chefe do Posto de Comando Avançado da Operação Transparência, tenente-general Américo Valente. 

Leia também
  • 07/02/2020 11:44:25

    Namibe regista aumento de infracções migratórias

    Moçâmedes - O Serviço de Migração e Estrangeiros (SME) no Namibe registou um aumento de 13 infracções migratórias em dois anos, numa altura que crescem os casos de permanência ilegal de estrangeiros na região.

  • 02/02/2020 09:48:08

    Governador encoraja manutenção da "memória" do 4 de Fevereiro

    Quilengues - O governador provincial da Huíla, Luís Nunes, exortou sábado, no município de Quilengues, à população a conservar a "memória" histórica do 4 de Fevereiro de 1961, tendo em vista a consolidação do Estado Democrático de Direito no país.

  • 30/01/2020 11:22:51

    Crimes menos graves podem terminar em multa - PGR

    Lubango - O Procurador Geral da República, Hélder Pitta Grós, admitiu quarta-feira, no Lubango (Huíla), que algumas prisões que envolvem crimes menos graves poderiam ser convertidas em multas ou indemnizações.