Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

19 Fevereiro de 2020 | 20h24 - Actualizado em 20 Fevereiro de 2020 | 09h54

Mais de cinco mil supostos pensionistas eliminados da Caixa Social das FAA

Lobito - Pelo menos cinco mil e quinhentos supostos pensionistas da Caixa Social das Forças Armadas, em Benguela, foram eliminados do sistema, por terem estado ausentes durante o cadastramento e a prova de vida, disse hoje, quarta-feira, o ministro da Defesa, Salviano de Jesus Sequeira.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministro da Defesa, Salviano de Jesus Sequeira

Foto: Francisco Miudo

No balanço da sua visita de 48 horas à província, o governante adiantou que o sistema de integração dos reformados ficou concluído em Dezembro de 2019, e, consequentemente, o caso dos “fantasmas” está completamente ultrapassado.

“Qualquer reclamação que alguém quiser apresentar à Caixa Social deverá ser rigorosamente documentada, porque, de outro modo, será indeferida”, avisou o ministro.

Em relação à unidade regional centro da Empresa de Aeródromos e Estradas (Aerovia E.P.), informou que enfrenta alguns problemas e, em função disso, deve encontrar o equilíbrio entre as despesas e receitas.

Salviano de Jesus Sequeira passou, igualmente, pela Base Aérea da Catumbela, onde constatou o esforço do seu comando, para manter os meios de combate em prontidão, apesar das dificuldades que a unidade vive nos últimos tempos.

Sobre a Base Naval do Lobito, considerou que “esta unidade foi bastante prejudicada no tempo de guerra, já que os cenários de combate foram essencialmente em terra”,  mas afirmou, igualmente, que existe um plano de modernização para os próximos anos.

Na Academia do Exército, inteirou-se do grau de disciplina implementado pela sua direcção e sobre o novo curso de cadetes que vai iniciar dentro de dias.

O ministro fez saber que, para este ano, o orçamento da Defesa “é bastante magro” para suprir as necessidades de cada um dos três ramos das Forças Armadas, sobretudo na manutenção da própria técnica, bem como na sua potenciação para a aquisição de novos meios.

Para minimizar alguns custos, adiantou que as FAA devem encontrar alternativas, com base na criatividade, como, por exemplo, negócios no sector agro-pecuário, a fim de ajudar na alimentação da tropa.

Leia também
  • 13/02/2020 16:36:36

    PGR solta agentes do SIC sob termo de identidade e residência

    Benguela - Seis agentes do Serviço de Investigação Criminal (SIC) em Benguela, detidos preventivamente dia 05 do corrente mês, acusados de alegado envolvimento na morte de um cidadão que se encontrava detido, foram soltos nesta segunda-feira (10), pela Procuradoria-Geral da República, sob termo de identidade e residência.

  • 04/02/2020 18:08:56

    Ministro do Interior reitera combate contra corrupção

    Benguela - O ministro do Interior, Eugénio Laborinho, defendeu esta terça-feira, em Benguela, o envolvimento da sociedade na luta contra a corrupção, impunidade e outros males que impedem o desenvolvimento do país.

  • 03/02/2020 11:25:16

    Benguela: Nacionalistas admitem incumprimento das metas de 1961

    Benguela - O presidente da Associação dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria de Benguela, Jacinto Lopes Campos, considerou que houve incumprimento das metas de Fevereiro de 1961, que versam na independência económica, autodeterminação e conquista do poder político.