Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

29 Maio de 2020 | 11h40 - Actualizado em 29 Maio de 2020 | 15h00

PR quer aumento da produção na luta contra covid-19

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, defendeu hoje (sexta-feira) o aumento da produção nacional, para contrapor os efeitos da covid-19 na economia e aumentar os níveis de emprego no país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Participantes ao encontro com a sociedade civil sobre o impacto da covid-19 na economia e na vida das famílias

Foto: Francisco Miudo

Presidente da República João Lourenço fala à sociedade Civil sobre COVID-19

Foto: Francisco Miudo

Ao falar no encontro com representantes da sociedade civil, o Presidente João Lourenço disse que a estratégia visa aumentar o nível de emprego e rendimento das famílias.

No encontro para troca de ideias sobre o que poderá ser feito em tempo futuro tendo em atenção o impacto da covid-19 sobre a economia angolana e a vida das famílias, João Lourenço considerou fundamental a concentração do saber e da experiência no aceleramento da execução do PRODESI.

Trata-se do Programa de Produção Nacional, Diversificação das Exportações e Substituição de Importações tem em vista, entre outros aspectos, dinamizar a economia nacional.

O Chefe de Estado angolano sublinhou a necessidade de se trabalhar para alcançar a auto-suficiência alimentar, com a produção dos bens básicos de maior consumo.

Nessa perspectiva, referiu que os incentivos devem ser dados aos homens e às mulheres de negócios que apostem na produção local.

"Para esses, que sejam removidas as barreiras que ainda persistem, para que tenham prioridade no acesso ao crédito e às divisas, para importação da maquinaria e das matérias-primas de que necessitam”, defendeu.

O país vem de um Estado de Emergência que se estendeu por dois meses e, desde terça-feira, vive uma fase diferente de excepção, a Situação de Calamidade Pública, que se prolongará enquanto se mantiver o risco de propagação massiva da pandemia.  

Para essa fase, foram decretadas medidas que visam garantir melhor equilíbrio entre a estratégia sanitária de prevenção e combate à covid-19 e a necessidade de se relançar, gradualmente, a actividade económica e o regresso à normalidade da vida social.

Leia também
  • 29/05/2020 15:29:06

    Íntegra do discurso do PR na reunião com a sociedade civil sobre Covid-19

    Luanda - Íntegra do discurso pronunciado nesta sexta-feira, em Luanda, pelo Presidente da República, João Lourenço, no encontro com representantes da sociedade civil sobre o impacto da Covid-19 na economia e na vida das famílias.

  • 29/05/2020 14:30:47

    Covid-19 dificulta implementação de programas e projectos - PR

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, afirmou nesta sexta-feira, em Luanda, que o novo coronavírus, associado à queda do preço do barril de petróleo no mercado internacional, trouxe consequências negativas à economia do país, dificultando a implementação de programas e projectos.

  • 25/05/2020 23:27:53

    O novo normal

    Luanda - À semelhança de vários Estados, principalmente os da Europa, Angola inicia, esta terça-feira, nova etapa na estratégia de luta contra a Covid-19, abrindo mão de algumas medidas do Estado de Emergência, após quase 60 dias de confinamento social.