Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

16 Setembro de 2020 | 22h12 - Actualizado em 16 Setembro de 2020 | 22h12

Ex-governador da Lunda Sul detido por peculato

Luanda - O ex-governador da província da Lunda Sul, Ernesto Kiteculo, foi detido, nesta quarta-feira, pela Procuradoria-Geral da República (PGR), por crimes que incluem peculato

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ernesto Kiteculo dirigiu a província da Lunda Sul entre Outubro de 2017 e Setembro de 2018.

Segundo a Rádio Nacional de Angola (RNA), Ernesto Kiteculo é acusado de cometer esses crimes enquanto vice-governador para o sector económico e produtivo da província do Cuando Cubango, de 2012 a 2017.

Ernesto Kiteculo foi ouvido durante oito horas na Direccção Nacional de Investigação e Acção Penal, pela procuradora Marisa Gonçalves, antes de ser encaminhado para a cadeia de Viana.

Assuntos Justiça  

Leia também
  • 05/09/2020 18:02:22

    Presidente do TS visita obras do tribunal de relação no Lubango

    Lubango - O Juiz Conselheiro Presidente do Tribunal Supremo, Joel Leonardo, visitou hoje as obras do tribunal de relação e do julgado de menores no município do Lubango, província da Huíla, cuja inauguração está prevista para este mês.

  • 04/09/2020 12:26:02

    Família repudia associação de Neto a processos judiciais

    Luanda - A viúva e os três filhos de António Agostinho Neto repudiaram, esta sexta-feira, a associação do nome do primeiro Presidente de Angola a processos em investigação contra Carlos Manuel de São Vicente.

  • 02/09/2020 12:02:12

    Tribunal suspende julgamento do antigo PCA da Sodmat

    Lubango - O Tribunal de Comarca do Lubango suspendeu, na última terça-feira, o julgamento do antigo presidente do Conselho de Administração da Sociedade de Desenvolvimento do Perímetro Irrigado da Matala, Luís Arsénio dos Santos Salvaterra, por questões de saúde do juiz.