Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

15 Junho de 2019 | 15h52 - Actualizado em 15 Junho de 2019 | 21h08

Homens dão pouca importância ao planeamento familiar

Caxito - A chefe da secção de Saúde Reprodutiva e Sexual do Hospital Provincial do Bengo, Madalena Pedro, afirmou hoje, em Caxito, que os homens dão pouca importância às consultas de planeamento familiar, comportamento que os inibe de acompanharem as suas mulheres.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Mulheres em idade fértil aderem ao planeamento familiar (ARQUIVO)

Foto: Diniz Simão

Em declarações à Angop, a responsável explicou que os homens preferem recorrer aos Centros de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV) para fazerem testes de VIH/Sida e receber preservativos gratuitamente.

Por seu turno, o psicólogo clínico do Hospital Provincial do Bengo, Filipe Alberto Ximuto, explicou que sugeriu aos técnicos destes serviços para realizarem palestras de sensibilização junto da comunidade, sobre a importância do planeamento familiar.

“O homem, propriamente não faz planeamento familiar o único método para fazê-lo, é o uso do preservativo para evitar a gravidez precoce ou indesejada e fuga à paternidade. A mulher é que tem a missão de usar alguns contraceptivos com destaque para a Depoprovera injectável, pílulas, Noristerat, assim como o DIU (Dispositivo Intra-uterino) , Implante e o Femidon (preservativo feminino)”, ressaltou.

De Janeiro a Maio deste ano, sete mil e 247 mulheres, entre os 18 e 45 anos, aderiram às consultas de planeamento familiar, na secção de Saúde Reprodutiva e Sexual do Hospital Provincial do Bengo (HPB), representando uma diminuição de mil e 165 casos em relação ao período análogo, em que registou oito mil 412 ocorrências.

Segundo Madalena Pedro, para o planeamento familiar quatro mil e 159 utentes preferiram o uso de preservativos (vulgo camisinhas), mil e 774 Depoprovera injectável, 940 pílulas, 168 Noristerat, 98 Diu, 61 Implante e 34 Femidon e 13 usaram a pílula de emergência” (pílula do dia seguinte).

Neste mesmo período, dois e 348 mulheres aderiram as consultas pré-natais, 22 das quais mil e fizeram pela primeira vez, enquanto mil e 326 gestantes realizaram consultas de retorno ou regulares.

A falta de consultas pré-natais, disse, pode causar várias complicações, destacando a hemorragia pós-parto e partos prolongados, que são as principais causas de mortes, tendo exortado as mulheres a efectuarem sempre consultas.

Frisou que mil e 600 mulheres efectuaram voluntariamente os testes de gravidez, dos quais 20 tiveram resultados positivos, e mil e 580 negativos.

O planeamento familiar é um direito que as pessoas têm de ter acesso à informação, assistência especializada e aos recursos que permitam optar livre e conscientemente por ter ou não filhos.

Leia também
  • 12/06/2019 22:05:15

    Quatro médicos reforçam serviços de saúde no Quiculungo

    Quiculungo - Quatro novos médicos de diversas especialidades reforçam desde terça-feira, o sector da saúde no município de Quiculungo (Cuanza Norte), cerca de 150 quilómetros ao norte de Ndalatando, capital da província, informou a directora do gabinete provincial da Saúde, Filomena Wilson.

  • 02/06/2019 18:19:51

    Centro materno-infantil da Bela Vista no Lobito já tem ambulância

    Lobito - O transporte de doentes urgentes da zona Alta para o Hospital Geral do Lobito, na província de Benguela, foi neste sábado, reforçado com a entrega de uma ambulância nova ao centro materno-infantil do bairro Bela Vista, na periferia da cidade.

  • 27/05/2019 18:21:07

    Saúde desparasita mais de 170 mil crianças

    Caxito - Cento e sessenta e quatro mil e 995 crianças dos seis municípios da província do Bengo serão desparasitadas pelo sector da Saúde da região com Albendazol e Prazinquantel durante a campanha de vacinação de cinco dias, aberta hoje, segunda-feira, na cidade de Caxito.