Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

20 Fevereiro de 2020 | 08h27 - Actualizado em 20 Fevereiro de 2020 | 08h27

Responsável reitera necessidade das consultas pré-natais

Menongue - A directora administrativa da Maternidade do Hospital do Cuando Cubango, Ondina Chiaca, reiterou a necessidade das consultas pré-natais para o desenvolvimento saudável da gestação e realização de um parto tranquilo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações quarta-feira à Angop, a responsável afirmou que a ocorrência de mortes neo-natais, a realização de cesarianas e a morte de mães durante o trabalho de parto podem ser reduzidas mediante o acompanhamento médico à mãe, antes, durante e depois da gravidez.

Segundo ela, existem mulheres que não acorrem às consultas durante o período de gestação e outras que preferem realizar o parto em casa ou em terapeutas tradicionais.

"Em muitos casos, as parturientes iniciam o trabalho de parto em casa e só depois de notarem algumas complicações é que acorrem, de forma tardia, à unidade de referência", sublinhou.

Em 2019 foram realizadas no Cuando Cubango nove mil 511 consultas, das quais duas mil 362 pré-natais.

No mesmo período houve o registo de mil 596 partos, dos quais mil 566 nados-vivos e 30 nados-mortos.

Quanto ao Hiv/sida informou que foram aconselhadas e testadas três mil 954 mulheres, das quais 214 tiveram o diagnóstico positivo.

Leia também